X

NOTÍCIAS

Publicada em 07/11/2017 às 08:45 | Atualizada em 07/11/2017 às 09:06

Após denúncias de assédio, Harvey Weinstein contratou agências para espionar as acusadoras

O intuito do produtor era de que as queixas parassem de vir a público

Da Redação

Reuters

Como você viu aqui no ESTRELANDO, Harvey Weinstein foi acusado pela atriz Ashley Judd de abuso sexual. Depois dela, diversas outras mulheres que tiveram essa mesma experiência com o produtor vieram a público, chocando a indústria do entretenimento. O astro foi punido de diversas formas por Hollywood, e mesmo alegando que precisava de ajuda profissional para amenizar o seu comportamento agressivo, ainda tentou impedir que todas essas declarações viessem parar na mídia. Pelo menos, é isso que alega o jornalista Ronan Farrow, segundo informações do site norte-americano People.

Farrow afirma que Weinstein contratou agências particulares para extrair informações das mulheres que o acusaram, especialmente as atrizes Rose McGowan e Asia Argento e alguns jornalistas, para que as denúncias parassem de vir a público. Além disso, alguns ex-funcionários das empresas cinematográficas de Weinstein e um editor de mídia de alto escalão também foram investigados.

Entretanto, Sallie Hofmeister, representante do produtor, negou a informação: É uma farsa sugerir que qualquer indivíduo tenha sido um alvo ou suprimido a qualquer momento, afirmou em declaração. 

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual famosa mais te surpreendeu ao ter seu nome envolvido na polêmica de Arthur Aguiar?

Obrigado! Seu voto foi enviado.