X

NOTÍCIAS

Publicada em 10/11/2017 às 16:23 | Atualizada em 10/11/2017 às 16:34

Ex-roteirista de Mad Men acusa criador da série, Matthew Weiner, de assédio sexual

Kater Gordon chegou a criar sua própria fundação para apoiar vítimas de assédio sexual

Da Redação

Divulgação

As denúncias de assédio em Hollywood não param. Em entrevista ao The Information, Kater Gordon, roteirista de Mad Men, contou que durante uma longa noite de trabalho, o criador da série, Matthew Weiner, pediu para vê-la nua. Chocada, ela preferiu fingir que nada havia sido dita e continuou seu trabalho. 

Como você deve lembrar, um episódio da série acabou rendendo aos dois um Emmy em 2009, e ela foi demitida um ano depois, sob a desculpa de que seu esforço não estava à altura da produção. Desde então, ela não conseguiu outros trabalhos no ramo, e criou sua própria fundação para ajudar vítimas de assédio sexual. 

Em resposta, a assessoria do produtor afirmou que ele não se lembrava do episódio: 

- O senhor Weiner passou de oito a dez horas por dia escrevendo diálogos com a senhorita Gordon, que trabalhava em Mad Men como assistente de roteiro. Ele não se lembra de ter dito esse comentário e nem reflete algo que ele faria a qualquer colega. Durante esses nove anos, em que ele foi o showrunner de Mad Men, ele teve predominantemente roteiristas mulheres. Ele há muito acreditou e implementou um ambiente de trabalho igualitário, incluindo os mais altos níveis de produção e escrita, com base no respeito mútuo a todos. 

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

De que lado você está na polêmica envolvendo Luísa Sonza e Whindersson Nunes?

Obrigado! Seu voto foi enviado.