X

NOTÍCIAS

Publicada em 05/04/2018 às 12:21 | Atualizada em 05/04/2018 às 12:42

Cunhado de Ana Hickmann, Gustavo Correa rebate declaração de promotor

O empresário ainda aproveitou para agradecer a todas as mensagens de apoio que vem recebendo em suas redes sociais

Da Redação

Divulgação

Como você viu aqui no ESTRELANDO, Gustavo Correa foi absolvido pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais na última terça-feira, dia 3. A juíza do 2º Tribunal do Júri de Belo Horizonte, Âmalin Aziz Sant'Ana, considerou que o empresário agiu em legítima defesa ao atirar contra Rodrigo Augusto de Pádua, suposto fã de Ana Hickmann que invadiu o hotel onde ela estava hospedada em Belo Horizonte, em maio de 2016, e a manteve refém junto com a assessora e empresária, Giovana Oliveira. Nas redes sociais, Gustavo agradeceu a todas as mensagens de apoio que vem recebendo após a decisão da justiça.

Inchado, cansado e com mais olheira que urso panda... Mas muito feliz com todas as mensagens de apoio. E quanto as mensagens contrárias, que são a minoria da minoria, nada como passar pelo que passei para mudar de opinião. Atrás de um celular todo mundo tem uma solução pronta! Beijos.

O empresário também rebateu a declaração de um promotor que considerou a absolvição absurda, afirmando ainda que irá recorrer à sentença e que viu excesso de legítima defesa no caso. 

Absurda absolvição sr. Promotor Francisco Santiago? Absurdo é o senhor não concordar com a reconstituição do crime pedida por mim no mesmo quarto. Absurdo é o senhor depois que não conseguiu “proibir” a reconstituição não mandar ninguém do MP acompanhar, como disse que faria. Qual seu receio? Estar enganado? Eu sempre estive a disposição da justiça para provar que houve luta até o último segundo e o porquê dos tiros da nuca pela posição que estávamos. Absurdo o senhor que deve ter porte de arma e tem como se defender, assim fica fácil incriminar alguém que teve que lutar por quase 8 minutos com um psicopata que não tirava o dedo do gatilho após ter feito dois disparos quase levando sua esposa a óbito. Absurdo o senhor que no dia do meu depoimento não me fez UMA pergunta sequer, sendo que sou a única pessoa processada nessa história toda, mas para todos os demais envolvidos fez um questionário! Não me evadi do local, mesmo com minha esposa à beira da morte no hospital, fiquei 12 horas todo ensanguentado pois não tinha NADA a esconder para os exames de balística e marcas de sangue, narrando o fato para mais de 15 policiais na hora do ocorrido até a madrugada. Absurdo o senhor tentar transformar em vítima um psicopata agressor de mulher que mirou na cabeça da minha cunhada pra matar sem motivo algum. Seus familiares devem ter vergonha do senhor, os meus não! Vou até o fim, sua arrogância não me intimida! Segue o jogo e se eu tiver que pagar, será de cabeça erguida!, escreveu Gustavo.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.