X

NOTÍCIAS

Publicada em 25/05/2018 às 09:41 | Atualizada em 25/05/2018 às 14:03

Harvey Weinstein se entrega à polícia e atrizes comemoram: Um passo mais perto da justiça

O produtor de Hollywood recebeu dezenas de acusações de assédio e estupro

Da Redação

Reuters

Harvey Weinstein se entregou à polícia de Nova York, nos Estados Unidos, na manhã desta sexta-feira, dia 25. O produtor de cinema, já considerado um dos mais poderosos de Hollywood, recebeu mais de 75 denúncias de assédio, incluindo estupro. Ele, no entanto, nunca assumiu as acusações.

Os escândalos envolvendo Weinstein começaram a surgir em outubro de 2017, quando várias mulheres, dentre elas a atriz Ashley Judd, relataram ao jornal New Yorker terem sido vítimas de assédio do produtor. As denúncias, que também se estenderam para outros grandes nomes de Hollywood, motivaram o movimento Me Too - que deu voz às pessoas contarem seus próprios casos de assédio - e o Time's Up

Rose McGowan, uma das atrizes que mais se pronunciou sobre o assunto, comemorou a possibilidade de Harvey ser preso. Na última quinta-feira, dia 24, quando o produtor ainda não havia se entregado à polícia, a atriz escreveu em seu Instagram

Eu, e muitas outras vítimas de Harvey Weinstein, estamos esperançosas que nosso estuprador poderá ser responsabilizado pela lei. 20 anos atrás, eu jurei que corrigiria isso. Hoje nós estamos um passo mais perto da justiça. Nós éramos jovens mulheres que foram assediadas por Weinstein e depois aterrorizadas pela sua vasta rede de cumplicidade. Eu permaneço com minhas colegas sobreviventes. Que a sua prisão dê esperança para todas as vítimas e sobreviventes que estão contando suas verdades.

Outras atrizes também se pronunciaram por meio das redes sociais. 

Um amigo me enviou isso com a mensagem: Karma nunca erra um endereço, escreveu a diretora Ava DuVernay, compartilhando um link da notícia de que Weinstein se entregaria a qualquer momento. 

A atriz Annabella Sciorra publicou a mesma matéria e comemorou: Mal posso esperar.

Ashley Judd, por sua vez, limitou postar o link, sem deixar nenhum comentário no Twitter.

Na galeria abaixo, entenda e veja os famosos que falaram sobre o caso de Harvey Weinstein:


A atriz britânica Romola Garai diz que se sentiu violentada por Harvey. - Eu tive que comparecer ao quarto de hotel dele no Savoy e ele abriu a porta de roupão. Eu tinha apenas 18 anos. Eu me senti violentada, ficou gravado na memória, contou a atriz ao jornal The Guardian.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Assim como vários famosos, você ficou chocado com a flexibilidade de Gracyanne Barbosa?

Obrigado! Seu voto foi enviado.