X

NOTÍCIAS

Publicada em 11/06/2018 às 10:22 | Atualizada em 11/06/2018 às 10:41

Robert De Niro xingando Trump, Andrew Garfield homenageia comunidade LGBTQ...veja o que rolou no Tony Awards 2018

Premiação que celebra o melhor da Broadway teve momentos marcantes

Da Redação

Montagem-Getty Images

Aconteceu na noite do último domingo, dia 10, em Nova York, o Tony Awards 2018, premiação que celebra os destaques da Broadway no último ano. O grande vencedor da noite foi The Band’s Visit, que venceu em 10 categorias, inclusive melhor musical. Harry Potter e a Criança Amaldiçoada também fez bonito e levou seis prêmios, inclusive melhor peça e melhor direção para John Tiffany. Seguindo a tendência de outras premiações recentes, o evento também contou com discursos mais políticos. 

Robert De Niro xinga Trump e é censurado pela CBS

Ao subir ao palco para apresentar Bruce Springsteen, Robert De Niro acabou saindo do script e surpreendeu a emissora CBS, que transmitia a premiação nos Estados Unidos. O ator aproveitou o momento para atacar o atual presidente do país, Donald Trump:

- Eu vou dizer uma coisa: F**a-se o Trump!

Ovacionado e aplaudido de pé pela plateia, o áudio do ator falando os palavrões não foi escutado pelos telespectadores que acompanhavam a transmissão. Como existe um delay de 10 segundos, a emissora conseguiu cortar a parte em que De Niro xinga o presidente. Em entrevista para a Variety, representantes da CBS confirmaram a edição:

- Os comentários do senhor De Niro foram inesperados e estavam fora do roteiro. A fala ofensiva foi cortada da transmissão.

Em alguns países como Inglaterra e Austrália, o áudio não chegou a ser cortado. Compare os dois vídeos das exibições:



Andrew Garfield faz homenagem para comunidade LGBTQ

Além de vencer na categoria Melhor Revival, a peça Angels in America rendeu à Andrew Garfield o prêmio de Melhor Ator. O espetáculo acompanha uma série de personagens e toca em assuntos como imigração, religião, AIDS, mudanças climáticas na Nova York dos anos 80. O ator dedicou seu prêmio para a comunidade LGBTQ em seu discurso:

- É um profundo privilégio em minha vida representar o Prior Walter em Angels in America, porque ele representa o mais puro espírito da humanidade, e especialmente, da comunidade LGBTQ. É um espírito que diz não à opressão. É um espírito que diz não ao fanatismo, não à vergonha, não à exclusão. É um espírito que diz que todos somos feitos perfeitamente.

That’s the shot. #ThisIsBroadway #TonyAwards

Uma publicação compartilhada por The Tony Awards (@thetonyawards) em

O tapete vermelho ainda contou com o time de peso de The Boys In The Band, Matt Bomer, Jim Parsons, Andrew Rannells e Zachary Quinto, e Tina Fey, roteirista e criadora de Meninas Malvadas.

The groolest. #TinaFey #JeffRichmond @meangirlsbway #ThisIsBroadway #TonyAwards

Uma publicação compartilhada por The Tony Awards (@thetonyawards) em

Musicais inspirados em sucessos
Dos quatro indicados no prêmio de Melhor Musical, três são inspirados em personagens e histórias bastante conhecidas do grande público: o musical do filme Meninas Malvadas; SpongeBob SquarePants: The Musical, inspirado no personagem Bob Esponja; e Frozen, da animação da Disney. Confira os vídeos de apresentação dos musicais:




Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Quem você quer na final do MasterChef Brasil?

Obrigado! Seu voto foi enviado.