X

NOTÍCIAS

Publicada em 29/10/2018 às 08:44 | Atualizada em 29/10/2018 às 09:14

Gisele Bündchen diz que chegada dos filhos deu uma chacoalhada no casamento

Em entrevista, a modelo brasileira contou como foi escrever o livro Aprendizados e resgatar seu passado

Da Redação

Divulgação

Após o lançamento de sua biografia, Aprendizados: minha caminhada para uma vida com mais significado, Gisele Bündchen não tem mais receios de falar sobre sua vida pessoal. Enquanto esteve nas passarelas, a beldade preferia manter-se discreta sobre sua trajetória de sucesso e sua família, mas agora a modelo acredita que expor tudo o que enfrentou é uma forma de exorcizar os fantasmas do passado e dar esperança para as pessoas. Em entrevista à revista Ela, Gisele explicou:

- O processo de resgatar minhas memórias foi intenso. Poder tocar em assuntos que estavam adormecidos dentro de mim, mas que deixaram marcas tão profundas, ajudou a curar feridas. Acredito que, quando você passa por algo assim, consegue entender como cada desafio foi essencial para seu crescimento. Você acaba se fortalecendo. 

Em uma passagem do livro, Gisele confessou ter se arrependido de ter colocado silicone nos seios e que só o fez por se sentir pressionada pela indústria após o nascimento dos filhos:

- A escolha que fiz para mim naquele momento de fragilidade não foi a melhor. Queria apenas voltar a ser eu mesma, mas os seios ficaram muito diferentes dos meus e não estava preparada para aquela situação. Se for para me sentir bem, não sou contra intervenções cirúrgicas. Apenas não acho saudável virar refém desses procedimentos.

Aliás, a carreira de modelo não era algo que estava nos planos da über model:

Ser modelo não era algo que almejava. Foi uma oportunidade que apareceu quando jovem, e eu a agarrei, fiz o melhor que pude com bastante foco e dedicação, e obtive sucesso. Mas não era uma profissão que me preenchia como ser humano, não era minha paixão. Usar uma bolsa diferente a cada dia, vestir só roupas da última coleção, esse estilo de vida nunca teve a ver comigo. Sou uma pessoa simples.

A família também está entre os assuntos tratados em seu livro. Durante a entrevista, a modelo relata como foi narrar a educação que teve em casa e o relacionamento com as cinco irmãs:

Crescer em meio a tantas irmãs foi divertido e intenso, simultaneamente. Sempre tivemos boa relação, apesar das brigas e desavenças. Coisa normal, somos donas de personalidades fortes. Família grande é tudo de bom, mas não é nenhum comercial de margarina, não! Meus pais sempre tiveram pulso firme e nos transmitiram valores sólidos, porém nos deram liberdade para podermos fazer nossas próprias escolhas.

O casamento com Tom Brady e os frutos da relação, Benjamin e Vivian, também foram citados e Gisele revelou que após o nascimento das crianças, o relacionamento enfrentou um período de turbulência:

É como uma planta, precisa ser regado para que dê frutos. No início, há mais paixão, mas isso se transforma em amor, admiração, companheirismo. A chegada dos filhos, com certeza, dá uma chacoalhada, e é preciso ajustar alguns pontos para que possamos ter momentos para namorar. Por meio de um diálogo sincero e apoio mútuo, é possível manter o amor vivo.  

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você gostou da troca dos horários dos programas Mais Você com o Encontro?

Obrigado! Seu voto foi enviado.