X

NOTÍCIAS

Publicada em 20/12/2018 às 10:56 | Atualizada em 12/08/2019 às 23:53

Marcos Mion emociona ao publicar texto sobre seu filho Romeo: Me sinto muito privilegiado

Além de Romeo, Mion também é pai de Donatella e Stefano

Da Redação

Divulgação

Marcos Mion é um paizão, isso não há como negar. Casado com Suzana Gullo, ambos são pais de Donatella, Romeo e Stefano e, além de demonstrar todo o amor que sente por sua família, o apresentador vez ou outra comenta sobre o autismo do filho mais velho. Na última quarta-feira, dia 19, a revista Crescer publicou um texto assinado pelo próprio Mion em que ele argumenta a respeito da compreensão além do apoio às crianças com deficiências.

Quantas vezes o fato de você ver uma criança com alguma deficiência física o fez agradecer a Deus, com alívio, o fato de não ser a sua criança? Se essa resposta não dependesse de aprovação moral, tenho certeza de que teríamos quase 100% de respostas positivas, começa o apresentador trazendo à tona uma situação que ocorre frequentemente.

Eu só quero lembrar que o fato de não ser seu filho não faz a síndrome ou deficiência deixar de existir. O fato de você continuar o seu caminho, entrar no seu carro e ir embora também não faz aquela criança desaparecer. Nem o pai e a mãe dela, que já devem ter passado por muitas situações para mantê-la da melhor forma possível.

Em seguida, Mion comenta sobre um processo de iniciativa a respeito das crianças com deficiência. Porém, declara que em nenhum momento está querendo fazer um julgamento, e sim, apenas levantando um questionamento.

Chegar em casa e abraçar seu filho “perfeito” pode ser uma sensação inexplicável, mas continua não justificando a sensação de alívio ao ver uma criança com deficiência. Ok, porque não é seu filho, mas você pode, SIM, fazer a diferença. Sempre digo: o tempo e o esforço que você dedica para falar ou sentir algo de gosto duvidoso são os mesmos que você pode dispensar para dizer algo que mude o dia daquela pessoa e que faça você sentir uma coisa totalmente positiva. Muita atenção, não tem julgamento aqui! Ninguém nasce sabendo como lidar com situações que fogem do cotidiano. Eu levanto apenas o questionamento: será que, ao se deparar com crianças especiais, você está fazendo a diferença para o bem na vida delas?

Mion ainda lembra que, por ser uma pessoa pública, ajuda a disseminar a ideia de fazer o bem para quem precisa - em especial para as crianças.

Eu sou uma pessoa pública, tenho sorte por ser procurado por milhares de pais que querem levar seus filhos especiais para eu conhecer. Às vezes, querem apenas que eu os pegue no colo. Nem foto tiram. Se eu não fosse um orgulhoso representante da classe autista, não conseguiria fugir, nem se quisesse. Me sinto muito privilegiado por isso, e sei que planto algo bastante positivo naqueles pais e que mudo o dia ou ao menos aquele momento na vida da criança. Isso é uma sensação difícil de descrever. Fazer o bem para uma criança que precisa e que... não é sua. O bem aqui é, por vezes, apenas atenção! Segurar a mão, dar carinho, um abraço, ouvir, por mais que ela não fale, e entendê-la, por mais que seja impossível. Às vezes, não demora mais do que dois minutos do seu dia.

Por fim, o apresentador ressalta que apoiar as crianças é um sensação incrível, além de surtir um efeito muito grande na vida de cada um:

Estender a mão para essas crianças e famílias e trazer essa realidade para o seu dia a dia mudará o que sente quando as encontrar. Não mais sentirá alívio por seu filho não fazer parte daquele universo. Vai, sim, sentir alívio por ter apresentado a ele esse mundo, por fazê-lo saber que essa realidade existe. E, principalmente, você terá demonstrado a ele como lidar e ajudar quando chegar a vez dele, como adulto.

A seguir, veja os melhores momentos de Marcos Mion com Romeo!


Mion também dá lições de vida ao seguidores, como quando falou sobre o que sentiu após ter descoberto que o filho faz parte do espectro autista: As pessoas me perguntam: como foi quando você descobriu que seu filho faz parte do TEA? Perdeu o chão? Se desesperou? Duvidou de Deus? Respostas na sequência: Nunca. De forma alguma e só agradeci e me senti mais próximo de Deus. Romeo é meu anjo. Quantas pessoas tem o privilégio de poder conviver com um anjo enviado por Deus para espalhar o amor e a melhor compreensão entre os seres humanos? Sabe quantas? Dois milhões de famílias! Número de diagnósticos feitos no Brasil. Por isso mesmo afirmo com certeza que esse número é muito maior, pois o que mais ouço de famílias pelo Brasil é que eles não sabiam o que o filho tinha até ler sobre meu Romeo, ou seja, muita gente não sabe o que é o TEA, a falta de informação ainda é gigante. Portanto sempre falo duas coisas: se acostumem! O número de crianças dentro do TEA só aumenta! E não sintam medo, pois o diferente é uma benção! A criança autista necessita de amor, muito carinho, muita paciência e compreensão, então no momento que você passa a ter que ser assim 24 horas por dia, você vira um ser humano melhor! Você se esforça diariamente pra viver sob esses pretextos que se assemelham demais aos ensinamentos de Jesus Cristo. Agora dá pra começar a entender o porque da minha felicidade e orgulho! Romeo é um mestre! Ensina a mim e à minha família diariamente. E o mais lindo é que ele não tem ideia! É instinto! Se ele sente que não estou concentrado nele e não estou 100% com o peito e o coração abertos, ele diz: mas papai, você não tá feliz? Você não me ama? Porque pra ele amor é amor! É inteiro. E se você não entrega amor puro, ele estranha! Não reconhece. Não tem eu te amo, mas tô com coisa do trabalho na cabeça agora, filho... Não tem. Ele não identifica! Ele sente quando tem qualquer outra coisa junto da sintonia do amor e do carinho! Ou seja, você vira uma pessoa melhor! Porque você tem que fazer um exercício de estar amando com totalidade, até que isso vira algo comum! Por isso quando alguém vem me contar, na rua, que tem um filho autista, minha reação é: Opa! Que legal!! Parabéns!! Nem sempre é isso que a pessoa tá sentindo, mas uma das missões do Romeo é trazer o orgulho e a calma pras famílias abençoadas com o TEA!

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual maldade falta Josiane fazer em A Dona do Pedaço?

Obrigado! Seu voto foi enviado.