X

NOTÍCIAS

Publicada em 13/02/2019 às 08:45 | Atualizada em 13/02/2019 às 08:55

Karin Hils, ex-Rouge, relembra show no Pacaembu: - Lotou o estádio e estávamos ganhando 700 reais cada uma

A artista disse que todas trabalhavam muito e ganhavam muito pouco

Da Redação

Divulgação

Na última terça-feira, dia 12, Karin Hils, ex-integrante do Rouge, lamentou no Luciana By Night, que o grupo tenha chegado ao fim pela segunda vez. Em entrevista à Luciana Gimenez, a artista marcou presença no programa da RedeTV! e falou sobre como foi esse breve retorno, anunciado em 2017:

- Tinha um tempo de vida útil, mas foi maravilhoso. Foi uma decisão comum e todo trabalho requer muita dedicação. São cinco pessoas, cinco vidas paralelas a serem administradas e a demanda da música hoje é muito diferente do que há 16 anos. 

Karin ainda contou que deixou de lado outros projetos para focar na volta no grupo, que inicialmente foi formado em 2002, no reality show Popstars, do SBT. Ela disse também que o sucesso veio da noite para o dia, mas que o retorno financeiro não foi tão repentino assim:

As pessoas acham que a gente ficou rica com o Rouge. Não! A gente veio de um programa de TV onde o contrato era extremamente leonino, aquilo tudo novo, várias pessoas envolvidas e um cachê muito pequeno, que a gente tinha que dividir por cinco e uma grande porcentagem para os empresários. A gente trabalhava muito e ganhava muito pouco.

Foi aí que ela lembrou de uma apresentação que a girlband fez no estádio do Pacaembu, em 2003, para um público de cerca de 30 mil pessoas:

Lotou o estádio e estávamos ganhando 700 reais cada uma. Aí não tem como sobreviver. É a realidade, a gente entendeu que fazia parte do sistema e não tinha como lutar contra.

Com a volta do grupo, Gimenez perguntou, então, se dessa vez as meninas estavam ganhando mais dinheiro:

- Acho que aconteceu mais ou menos o que aconteceu no passado, infelizmente. Mas a vida prega coisas assim.

Por fim, não deixou de falar do carinho que fica entre as ex-integrantes do grupo, que incluei ainda Aline Wirley, Luciana Andrade, Li Martins e Fantine Thó:

Tive muita sorte de ter esse encontro, nessa vida, com essas meninas. São garotas talentosas, especiais e acho que a nossa energia era o que formava o Rouge, esse encontro de personalidades. Cada uma com sua diferença, com seu jeito, pessoas com caráter, acima de qualquer suspeita. Há diferenças, mas no geral, eu tive muita sorte.



Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual maldade falta Josiane fazer em A Dona do Pedaço?

Obrigado! Seu voto foi enviado.