X

NOTÍCIAS

Publicada em 25/02/2019 às 13:00 | Atualizada em 25/02/2019 às 13:42

Em discurso no Oscar, Serena Williams pode ter mandado indireta para a amiga Meghan Markle; entenda!

Enquanto falava sobre sonhos, a tenista mencionou a decisão de escolher entre a carreira e o amor

Da Redação

Montagem-The Grosby Group

Não é segredo que Meghan Markle e Serena Williams são muito amigas. Recentemente, por exemplo, a esposa do príncipe Harry fez um chá de bebê em Nova York e a atleta esteve na lista dos poucos convidados do evento! Por isso, conforme noticiado pela Marie Claire britânica, nesta segunda-feira, dia 25, não é de se estranhar as suspeitas de que o discurso que a atleta proferiu para falar do filme Nasce Uma Estrela na cerimônia do Oscar 2019 possa ter sido direcionado à Duquesa de Sussex.

Enquanto falava sobre as dificuldades de conseguir realizar sonhos, Serena mencionou a dor que vem acompanhada, muitas vezes, da decisão de ter que escolher entre a carreira profissional e o amor. Veja abaixo:

- Quando somos jovens, todos nós temos sonhos relacionados ao que podemos alcançar na vida. Ter o sonho é fácil; realizá-lo é difícil. Seja ele de se tornar um ator, um jogador de tênis ou um cantor, como a Ali em Nasce Uma Estrela. No filme nomeado à Melhor Direção, nós vemos, através dos olhos de Ali,  os altos e baixos de uma jornada pelo estrelato. Há a corrida da fama, a pressão pelo sucesso e a dor que vem acompanhada de sacrificar um amor por uma carreira, ou uma carreira por amor.

E o que a esposa do príncipe Harry tem a ver com esse discurso? O fato de que ela abriu mão de sua carreira e de seu papel em Suits, como uma das protagonistas, para se casar com o príncipe Harry!

Confira abaixo (em inglês) o discurso completo de Serena na premiação:


Será que isso foi mesmo um recado de uma amiga para a outra? 

Quer saber mais sobre o Oscar? Então confira a seguir momentos que, diferentemente do discurso da tenista, você não viu na telinha:


Segundo o site Deadline, foram dois os motivos de descontamento do diretor. Primeiro, por conta da escolha dos lugares da premiação. Spike imaginou que venceria a categoria mais importante da noite, já que havia sido colocado para sentar muito perto do palco. Já o segundo motivo é um pouco mais complicado, uma vez que, de acordo com ele, Green Book: o Guia não discute o racismo da melhor forma como seu filme, Infiltrado na Klan.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Quem merece ficar com o Trono de Ferro em Game of Thrones?

Obrigado! Seu voto foi enviado.