X

NOTÍCIAS

Publicada em 01/03/2019 às 11:05 | Atualizada em 02/03/2019 às 11:34

Suposta vítima de Michael Jackson diz que era recompensado com joias após atos sexuais: - Uma parte de mim morreu

James Safechuck deu uma entrevista chocante a um jornal britânico

Da Redação

Divulgação

James Safechuck, que supostamente é uma das vítimas de Michael Jackson, deu uma entrevista chocante ao jornal britânico The Teleghaph. James, que conheceu o cantor aos 10 anos de idade - agora ele está com 41 anos - afirmou que era recompensado com joias após os atos sexuais com Michael. Ele ainda teria ganho um anel dourado do artista, que foi usado em uma cerimônia falsa de casamento, onde ele e Michael fizeram votos de compromisso um ao outro. 

- Acontecia todos os dias. Pode parecer doentio, mas é como quando você começa a namorar alguém - você faz bastante. 

Embora seja uma situação delicada e um crime, - se comprovado - James garante que, na época, não via sua relação com Michael como um assédio.

- Eu não diria que era forçado. Era um relacionamento amoroso. E é por isso que é difícil para as pessoas pensarem nisso, e por isso que há tanta vergonha envolvida. Era um prazer físico real, mas envolvido em um relacionamento profundamente abusivo e inadequado.

Hoje, com mais maturidade, James admite que lida com um trauma difícil

- Acho que uma parte de mim morreu. Você está morto por dentro, fica avulso, não aprende a processar eventos, bons ou ruins. O ódio que sentia de mim mesmo era intenso, mas você não sabe porque se odeia. Eu sei agora que, em vez de odiar Michael, eu me odiava.

Para conseguir mascaras seus sentimentos, ele costumava usar drogas aos 20 anos de idade.

- A dor começou quando eu parei com as drogas. Eu fui golpeado com tudo que tinha escondido, e estava sofrendo. Você não entende porque está com tanta dor, ; você não conecta o abuso com a dor no começo. Michael fazia você pensar que tudo o que acontecia era ideia sua. 

O depoimento de James, assim como o de outras supostas vítimas, veio à toma com o documentário Leaving Neverland, que a família de Michael Jackson alegou ser mentira.


E no hall das polêmicas ainda está o processo que a família Jackson abriu contra a empresa AEG. Eles acusam a companhia de ter sido negligente com a saúde do astro e, sendo assim, também responsável pela morte do cantor. A AEG foi responsável pela produção da turnê This is It, que Michael começaria em Londres.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

A gente sabe que as três arrasam! Mas entre Xuxa, Angélica e Eliana, qual a sua favorita?

Obrigado! Seu voto foi enviado.