X

NOTÍCIAS

Publicada em 27/06/2019 às 09:36 | Atualizada em 27/06/2019 às 09:44

Oscar Filho fala sobre fazer humor no Programa da Maisa: - Tenho que me controlar

Oscar também contou como foi a primeira vez que encontrou Xuxa, participando do Dancing Brasil, em 2018

Stella Oliveira

Divulgação

Oscar Filho é um exemplo de artista versátil! Após ficar conhecido do grande público no CQC - quando já era um dos pioneiros do stand up no Brasil - ele fez teatro, cinema, participou de séries no Multishow, Globo e Band, e, em 2018, estreou nos realities ao lado de ninguém menos que Xuxa, no Dancing Brasil. 

Atualmente co-apresentando o Programa da Maisa, Oscar contou ao ESTRELANDO o que o levou a aceitar o convite:

- Sou muito curioso nas coisas que faço, gosto de fazer coisas diferentes. Terminei o CQC, que era um programa de entrevista, choveu de coisas pra eu continuar nesse formato, mas quis fazer outra coisa. Fui fazer cinema, me formei, fui fazer mais stand up, uma série. O Programa da Maisa é completamente diferente de tudo. Ano passado fiz o Dancing Brasil, e já fui convidado para outros realities, não sei se quero, mas o Dancing eu gostei de fazer.

O ator e humorista contou que está adorando a experiência, mas que tem que se controlar quando algumas piadas impróprias para o horário e o público-alvo vêm à mente:

- Sim [tenho que me controlar]! Muito! Primeiro programa foi o Matheus Ceará, que fala palavrão pra cac**e! Eu não falo tanto, mas o humor perpassa por isso, não tem como. O que já passou de coisa pela minha cabeça. E você trava de um jeito que às vezes você fica calado por uns dois minutos: caramba, preciso dar uma acalmada. Sobe o sangue, é muito louco, fica quente! Coisas que no CQC, por exemplo, eu falava e tudo bem, no palco, falo, não fico me podando. Mas ao mesmo tempo tem a parte boa, que é conhecer outro tipo de humor, ver como as pessoas de 13, 12 anos de idade vêem o humor.

Ele também contou como é trabalhar com a fada sensata da internet, Maisa. Será que ela é na vida real como na web?

- Eu vejo muita pouca diferença, talvez nenhuma, na Maisa no gravando e no cortou. Isso é muito bacana. Lembro que uma vez vi o Robert Duvall falando isso sobre o Marlon Brando quando ele atuava. Você está conversando com o Marlon Brando, e quando começa a gravar, ele continua. Acho que isso não é só da Maisa, é da nova geração. [Ela é sensata sim] o é porque estou trabalhando com ela que falo isso não, eu aceitei exatamente por isso. 

Por falar em trabalhar com mulheres fortes, ele relembrou o dia em que conheceu Xuxa, se preparando para gravar o reality Dancing Brasil, no qual ele ficou por mais de metade da temporada:

- Eu não era fã, era mais fã do Sérgio Mallandro, outra vibe. Mas as músicas são do inconsciente coletivo, e a Xuxa, mesmo não sendo fã, quando eu vi a Xuxa, foi tipo: Meu, é a Xuxa! Ela é como o Silvio Santos, uma entidade, isso é muito maluco. A primeira vez que vi ela foi no dia do meu aniversário e pedi: pô, Xuxa, será que posso gravar um videozinho com você, e nem pedi para ela cantar, porque sei que todo mundo deve pedir e deve ser um saco! Ela falou, claro, claro, e fiz, ela foi muito legal e eu nunca tinha visto ela! Quando ela foi no programa também foi muito legal.

Oscar também está em Putz Grill, o único show de stand up solo em cartaz há 11 anos no Brasil.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual nome você prefere para a filha de Tatá Werneck?

Obrigado! Seu voto foi enviado.