X

NOTÍCIAS

Publicada em 11/07/2019 às 17:53 | Atualizada em 13/07/2019 às 00:20

Xuxa Meneghel faz texto emocionante sobre sua mãe: Minha mãe me defendeu e brigou por mim

A apresentadora falou sobre Alda Meneghel em sua mais recente coluna da revista Vogue

Da Redação

Divulgação

Xuxa Meneghel agora mantém uma coluna na revista Vogue e, para o seu novo texto, ela quis falar sobre sua mãe, Alda Meneghel, que morreu em 2018. Em seu relato, ela relembra sua infância, cheia de privilégios, justamente por estudar em um colégio particular onde praticava muitos esportes. Porém, ela resolveu que tentaria a carreira de modelo e quem a apoiou mais foi justamente Dona Alda:

Eu me sentei no sofá ao lado da minha mãe, preparada para dizer que eu queria ser modelo e ponto. Mas não sabia que a prosa ia seguir o rumo que seguiu. Meu cunhado disse que na vida de modelo tinha muita prostituição, drogas, que eu iria engravidar, que isso não era legal para uma menina de família como eu. Então minha mãe me olhou e perguntou: Você quer ser modelo, Xuxa? Eu fiz sim com a cabeça, mas tudo que eu pensei em falar ficou fraco depois do argumento das drogas e prostituição.

A apresentadora do Dancing Brasil ainda continua:

Ela levantou do sofá e olhando para todos que estavam ali disse: Escutem bem, se minha filha engravidar eu vou cuidar do filho dela. Se ela se prostituir eu ficarei do lado dela. Se ela se drogar eu cuidarei dela... Mas, eu sei que nada disso vai acontecer, porque eu sei a filha que eu tenho. Olhou pra mim sorrindo com uma confiança e segurança que não sei de onde tirou. Eles argumentaram, dizendo que não iam ter como cuidar de mim o tempo todo, que não estariam do meu lado sempre. Lembro-me de ter ouvido eles dizerem algo como: Ela vai mentir para você, te esconder as coisas... E perguntaram como ela podia ter certeza que daria certo, que eu ficaria bem?

E diz:

Aí a voz aumentou e com um tom ríspido ela disse: Minha filha não mente. Eu confio nela e sei que não vai me decepcionar. Minha mãe não sabia, mas naquele momento ela comprou minha briga, defendeu meu sonho. Ela falou coisas que marcaram minha vida, personalidade, base. Minha índole se fortificou naquele momento. Sim, tive chance de me drogar, mas nunca provei porque ela disse que eu não faria. Sim, já me ofereceram muito dinheiro para transar, mas nunca fiz porque eu tinha uma mãe que me ensinou valores.

Por fim, conclui:

Sim, eu tive oportunidade de fazer muitas coisas erradas. Por que não fiz? Porque minha mãe confiou em mim antes mesmo que eu soubesse o que era confiança. Minha mãe me defendeu e brigou por mim e nada nem ninguém valia mais a pena do que ela. Hoje tento estar ao lado da minha filha em tudo: nos acertos e principalmente nos erros, pois é aí que a gente vê que não está sozinho. É aí que a gente vê o que é ser mãe, amiga, confidente. O que é ser a melhor mãe do mundo! Quem dera ser 10% do que ela foi comigo. Espero que você que está lendo - pai ou mãe - também consiga ser.



Se você ainda acha que os dois não foram feitos um para o outro, provamos o contrário, já que eles se conheceram no Programa da Xuxa, um pouco antes da década 1990. É destino, com certeza!

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual acontecimento você estava mais ansioso para que acontecesse?

Obrigado! Seu voto foi enviado.