X

NOTÍCIAS

Publicada em 13/08/2019 às 09:50 | Atualizada em 13/08/2019 às 10:28

Junior Lima diz que não quer que filho siga carreira musical tão cedo: - Não vou aconselhar

Em entrevista à Sabrina Sato, cantor falou sobre Sandy & Junior e relembrou o impacto que a fama lhe causou

Da Redação

Divulgação

Junior Lima esteve com Sabrina Sato no Beco do Batman, em São Paulo, e em bate-papo com a apresentadora confessou que não quer que o filho Otto, fruto da relação com Monica Benini, siga carreira artística na infância como aconteceu com ele: 

Se ele começar com umas ideias de querer começar a a cantar, fazer carreira no mesmo período que eu comecei eu não vou aconselhar não. Eu não me arrependo, mas eu lidava com responsabilidade de adulto o tempo todo. Tinha compromisso, contratos.. , disse o cantor.

Por enquanto, ele pretende não criar expectativas quanto ao futuro do filho, embora reconheça que a música esteja ligada em sua interação com a criança no dia a dia:

- Eu acho que de vez em quando a gente se pega refletindo sobre isso, mas eu tento não criar expectativa porque quero que ele seja livre pra ele escolher o que ele quiser. O que eu faço é dar para ele essas ferramentas, até porque minha maneira de interagir com ele é através de música e de arte em geral. Eu sou muito presente com meu filho. Eu organizo minha agenda em torno de estar presente pra ele. 

Na entrevista, Junior, que está em turnê com a irmã, Sandy, para comemorar os 30 anos de carreira, também falou sobre os impactos que a fama lhe causou na infância e adolescência:

-  Eu tive minha fase meio deprê, tive síndrome do pânico. Faz uns sete, oito anos.. Um tempo depois que a gente separou. Na época era tão intenso, tão grandioso, era tanto.. que eu não conseguia absorver as coisas, eu me anestesiava... , relembrou. 

Questionado por Sabrina Sato sobre como ele não se tornou uma pessoa mimada, já que estava sempre cercado de muita gente, Junior afirma que o papel da mãe, Noely, foi muito importante:

- Minha mãe controlava isso. Quando tinha gente paparicando e depois ficava só a gente ela falava que as pessoas se empolgam, querem agradar, mas não acreditar em tudo o que a gente ouve. Isso por um lado me deixou inseguro e depois fui trabalhar na terapia e resolver isso, contou. 

Veja o vídeo completo abaixo: 


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Quem você quer que ganhe o MasterChef Brasil?

Obrigado! Seu voto foi enviado.