X

NOTÍCIAS

Publicada em 18/10/2019 às 08:44 | Atualizada em 18/10/2019 às 08:56

Ícaro Silva desfila na SPFW e fala sobre visibilidade: - Procuro colocar para o lado educacional

Ícaro falou também sobre a moda como ferramenta identitária

Da Redação

Divulgação

Ícaro Silva é um artista de muitos talentos. Já o vimos atuando, cantando, dançando, imitando... e até desfilando. Pela segunda vez, na quinta-feira, dia 17, ele andou pela passarela da São Paulo Fashion Week, no desfile da estilista Fernanda Yamamoto, e falou sobre a experiência como modelo:

- Igual uma queima de fogos, super colorido, impactante e efêmero. É lindo você ver o trabalho dos artistas traduzidos nesses 10 minutos de show.

Com as unhas pintadas especialmente para o desfile, Silva comentou as críticas que Lucas Jagger recebeu por usar esmalte colorido - após afirmar que não usaria no dia a dia, por ser uma coisa trabalhosa:

- É pro desfile. Não existe isso de coisa de homem e mulher. As pessoas devem ter criticado ele porque estamos em um momento em que as velhas cabeças se mostram muito.

Ícaro disse ainda que não é escravo de rotinas de beleza, e que sua vaidade está em se manter sempre saudável.- 

Sobre moda, ele afirmou:

- Ela ajuda a deixar claro pra mim e pro mundo minha identidade. A moda é um componente identitário, nos ajuda a nos sentir confortáveis dentro da nossa própria pele, do nosso entorno.

Sempre se posicionando em relação a questões importantes para a sociedade, ele ainda disse como usa a visibilidade da mídia:

-  Eu tenho uma preocupação muito grande, minha, particular, com a educação no Brasil. Em como as pessoas aprendem as coisas, absorvem as coisas. Então, tudo da minha vida que está visível para as pessoas e tudo que a visibilidade que a mídia me traz, eu procuro colocar pro lado educacional. Mesmo as coisas da minha vida pessoas que elas sabem, estou querendo que elas entendam algumas coisas que às vezes ainda não entenderam. Eu passei por isso, tive um processo de ser uma pessoa preta na televisão, num meio tão racista.

E continuou:

- Então, falo desses temas, e exponho o que é preciso expor justamente porque acho que temos um processo de educação muito atrasado no Brasil. A gente precisa se educar mais, se informar mais, e, principalmente em relação à juventude, é preciso que ela tenha mais ferramentas para saber o que fazer da vida. A gente aqui se aliena muito, sabe muito pouco da nossa história, do nosso convívio, do nosso cotidiano, do que realmente acontece, como funciona o Brasil. A gente sabe o Brasil como a gente vê pela televisão, e é bem distorcido.

Confira, abaixo, a estreia de Ícaro and The Black Stars:

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual polêmica envolvendo casais famosos mais te surpreendeu?

Obrigado! Seu voto foi enviado.