X

NOTÍCIAS

Publicada em 06/12/2019 às 13:27 | Atualizada em 06/12/2019 às 13:44

Isis Valverde fala sobre novo livro de poesias e declara: - A maternidade trouxe uma nova ótica da vida

Em entrevista para o jornal O Globo, ela ainda falou sobre suas inspirações e personagem em Amor de Mãe

Da Redação

Divulgação

Como você viu no ESTRELANDO, Isis Valverde lançou um livro de poesias intitulado Camélias em Mim. A obra reúne cerca de 48 escritos nos últimos dez anos e divide memórias da infância da atriz em Minas Gerais, explora figuras femininas da família e fala sobre amores e maternidade. Em entrevista para o jornal O Globo, ela contou detalhes sobre o trabalho e, também, exprimiu sua paixão pela escrita.

- Sempre fui uma criança criativa. Gostava de criar histórias cheias de enredos dos mais diversos. A possibilidade de traduzir sentimentos em palavras sempre me encantou e começar a escrever foi um processo natural. Uma forma de exorcizar sentimentos, que passam a fazer sentido quando colocados em palavras. Gosto de escrever contos, além de poesias.

Um dos poemas do livro é assinado pela mãe da atriz que, segundo a própria atriz, foi a inspiração para começar a escrever.

- Minha mãe sempre me estimulou a dar asas a minha imaginação. Sempre foi uma mulher de muita força, mas também sensível. E a sensibilidade dela em perceber a minha vocação artística foi, claro, uma das minhas maiores motivações para seguir o caminho da arte, tanto na dramaturgia quanto na literatura. Pretendo seguir o exemplo dela e apresentar esse universo ao Rael.

Questionada se a relação com a mãe mudou após a chegada de Rael, fruto de seu relacionamento com André Resende, ela disse: 

- Com toda certeza. Quando nos tornamos mães, aprendemos a ser filhos melhores. A maternidade nos traz uma nova ótica da vida. Certas preocupações e atitudes de nossas mães que achávamos bobagens, tomam uma nova forma, passando a fazer sentido. A gente entende que mãe erra, mas querendo acertar sempre.

Isis afirma que a maternidade a ajudou a se inspirar e, consequentemente, escrever mais.

- Costumo traduzir a maternidade como um carrossel de emoções, às vezes uma montanha-russa, o que, sem sombra de dúvidas é um terreno fértil de criatividade e inspiração para escrever e, pra arte em geral. Acho que quanto mais vivência a gente tem mais rica fica nossa expressão artística.

Ainda falando sobre suas inspirações, a atriz citou os atores literários que mais lhe chamam a atenção.

- Lya Luft, Camões, Vinicius de Moraes, Florbela Espanca, Clarice Lispector, Gustave Flaubert e Carlos Drummond de Andrade, para citar alguns.

O livro conta com o prefácio de Pedro Bial, que cita uma entrevista de 2010 em que Isis afirma não conhecer o amor. Sobre isso, a atriz declarou:

- O amor vai se apresentando de maneiras diferentes à medida que vamos amadurecendo e nos tornando donas de nós mesmas, das nossas verdades internas. Não é que eu não conhecesse o amor, mas hoje posso experimentá-lo de muitas formas. Tudo mudou. Eu mudei, a vida mudou, o mundo se transformou. Estamos em constante evolução e em cada uma dessas etapas, experimentamos uma nova nuance desse sentimento, descobrindo maneiras novas e diferentes de amar. 

Ela ainda afirma que definir o amor é algo muito complexo, mas que consegue vivê-lo ao lado da família.

- Hoje vivo o amor de mãe, o amor pela minha família, pelo meu marido. O amor se traduz em tantas coisas, de tantas formas. Difícil encontrar uma única definição para algo tão grandioso. Posso dizer que hoje sinto o amor como a experiência mais verdadeira, transformadora e libertadora que existe. Amar e ser amado é poder ser o que se é, e ser feliz com isso.

Por fim, Isis falou sobre Betina, sua personagem em Amor de Mãe, nova novela das noveque passa por violência doméstica na trama.

- Falar sobre relacionamentos abusivos é muito delicado, porque as pessoas ainda se escondem por medo ou vergonha. Esse é um tema intenso, profundo e necessário. Temos que acolher as vítimas e mostrar que elas não estão sozinhas. A ideia é mostrar que existe uma rede de apoio às vítimas de violência doméstica.

E continua:

- Fiz um trabalho de imersão. Tive a oportunidade de conversar com profissionais que atuam em defesa das vítimas, o que me trouxe um viés humano, que ainda não havia experimentado. A Betina traz uma fragilidade, mas ao mesmo tempo exibe uma força imensa. Ela espera e acredita que merece o melhor da vida e batalha por isso. Não se deixa abater.

A seguir, veja fotos da atriz com o filho Rael!


Para a ocasião, a atriz estava com um visual todo branco e com a barriga sarada à mostra.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual famosa vai arrasar nos desfiles das escolas de samba em 2020?

Obrigado! Seu voto foi enviado.