X

NOTÍCIAS

Publicada em 24/03/2020 às 14:45 | Atualizada em 24/03/2020 às 15:18

Viúva de Chico Anysio revela que enteados não falam com ela e conta sobre briga entre o ator e Lug de Paula: - Disse que o pai já tinha morrido há muito tempo

Malga di Paula deu uma entrevista reveladora ao canal de YouTube de Antonia Fontenelle

Da Redação

Divulgação

Malga di Paula, viúva de Chico Anysio, deu uma entrevista reveladora ao canal de YouTube de Antonia Fontenelle, em meio a briga pela herança do ator. A empresária, que atualmente luta na justiça para ser reconhecida como dona do apartamento que morou junto com o humorista na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, avaliado em sete milhões de reais, disse que Chico tinha muitas dívidas, e que a situação piorou quando ele se viciou em comprar cavalos. 

- Quando eu casei com ele, ele tinha 67 anos e estava começando uma vida de novo. Ele tinha dinheiro, e foi com parte desse dinheiro que foi comprado a casa de Malibu [Estados Unidos]. O Chico tinha salas em shopping, casa em São Conrado, dinheiro investido, apartamento em Nova York. Ele estava começando de novo, e com o valor que ele recebia da Globo, ele reconstruiria um bom patrimônio durante esses 14 anos que a gente viveu junto. Só que lá por 2003, ele resolveu que queria comprar cavalo. A questão dele não foi aposta em cavalo, foi comprar cavalo para botar para correr. Ele comprou um cavalinho, outro cavalinho, outro cavalinho... Ele se perdeu completamente, pior do que um vício. Foi uma coisa muito triste. 

Malga contou que Chico chegou a ter 300 cavalos e a gastar 450 mil reais apenas com a alimentação, sem contar os veterinários. Ela teria pedido ajuda aos filhos do humorista para controlar a situação, mas todos recusaram. 

- Teve uma época que ele gastava 600 mil por mês com cavalos. Ele ganhava isso, e ainda tinha todas as nossas despesas, que não eram poucas: pensão de ex-mulher, mesadas dos filhos e netos... Ele acabou vendendo tudo que a gente tinha, gastou todo o dinheiro que tinha aplicado, pegou empréstimos e adquiriu um monte de dívidas. 

Foi aí que os dois decidiram vender a casa em Malibu e usar parte do dinheiro para comprar o apartamento na Barra da Tijuca. 

No final da vida do Chico, ele disse para várias pessoas: eu moro na casa da Malga, se não fosse a Malga salvar esse apartamento, eu não tinha onde morar. 

Malga contou, ainda, que após a morte de Chico em 2012, nenhum dos filhos do humorista entrou em contato com ela. 

Nunca ninguém me respondeu. Se hoje, qualquer filho ligasse para mim, eu jamais deixaria de falar com um filho do Chico. Não há advogado no mundo que me proíba a falar com o filho do homem que eu amei. Acho um absurdo. Fico triste. 

No testamento, que foi recentemente anulado pela justiça, Malga ficava com todos os bens materiais do ator, enquanto os filhos ficaram com o patrimônio imaterial. De acordo com o jornal Extra, o advogado e inventariante de Chico, Paulo Cesar Pimpa da Silva afirmou que a empresária só teria direto a 50% do apartamento. 

Abusos na infância 

Durante a entrevista, Malga também revelou que Chico teria sofrido abusos na infância por parte do irmão mais velho, Elano de Paula, e que teria pedido para ela contar ao mundo sobre o assunto, já que ele não tinha coragem. 

Ele pediu pra eu dizer, porque ele não conseguia falar sobre isso. O Chico, se fosse em uma família moderna, ele teria sido tomado dessa família. Não deixariam uma criança viver nas condições que o Chico vivia, porque ele era espancado quase todos os dias. O Chico sofreu todos os tipos de abuso pelo irmão dele mais velho, que se chamava Elano. Essa confusão dos filhos, foi ele quem criou. Ele infernizou a vida do Chico mesmo depois de morto. O irmão abusava dele e a mãe sabia. 

Malga explicou, também, o motivo pelo qual Chico continuava perto do irmão apesar disso, tendo até mesmo escrito um livro com ele. 

Muita gente pode achar que não é verdade, porque o Chico tem livro escrito junto com o Elano e o Chico chamava ele pra fazer coisas. O Chico várias vezes me falou: 'eu quero dar a ele a oportunidade de me pedir perdão, por isso que eu fico perto dele. Não é por mim, é por ele. Toda vez que eu falo com ele eu estou dando a ele a oportunidade de me pedir perdão. Isso machucou o Chico todos os dias da vida dele desde que eu o conheci. Eu chorava com ele sabendo apenas sobre o espancamento, do abuso moral, da exposição, porque uma vez o Elano colocou ele pelado em um carro e saiu pela cidade. Ele era uma criança e a mãe permitia tudo. A mãe apoiava e muitas vezes a mãe mandava ele bater. 

Relação com o filho 

Durante a entrevista, Malga também contou sobre a relação de Chico Anysio com o filho, Lug de Paula, que foi deixado de fora do testamento do humorista. De acordo com a empresária, os dois sempre tiveram uma relação bem complicada, e o ator não foi nem mesmo ao velório do pai:

Os irmãos ficaram muito chateados com isso. Chamavam ele porque o pai estava morrendo. Ele não veio e dizia que o pai já tinha morrido há muito tempo. Quando o pai morreu, ele não veio, na cremação do pai, ele não veio, na missa de sétimo dia, ele não apareceu. Na missa de um mês, ele ficou furioso com a minha secretária, que deixou um recado para ele. 

Apesar das brigas, Malga afirma que Chico considerava Lug o filho mais talentoso que ele tinha, e que poderia ter deixado ele de lado no testamento em um momento de raiva

Ele estava bravo com o Lug por alguma razão e chamou o testamenteiro incompetente e mandou tirar o filho do testamento. Três meses depois de fazer esse testamento, o Chico foi para o CTI e veio a falecer. Tenho certeza que se o Chico tivesse vivido mais um ano, ele teria mudado. 

Procurado pelo jornal Extra, Lug disse que não iria se pronunciar sobre o assunto. Assista a entrevista completa a seguir:


Felipe Batista 

Em 2013, um ano após a morte de Chico Anysio, Malga se casou com o empresário Felipe Batista, mas de acordo com o jornal Extra, os dois teriam rompido o relacionamento. Procurada pelo veículo, ela disse que não fala sobre sua vida pessoal. 

A seguir, veja os motivos para sentir saudades de Chico Anysio!


Seus trabalhos mais recentes, como em Zorra Total, também marcaram uma nova geração de telespectadores, que tiveram o privilégio que conhecer o trabalho do ator, mesmo que no fim de sua carreira.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da polêmica envolvendo Marília Mendonça?

Obrigado! Seu voto foi enviado.