X

NOTÍCIAS

Publicada em 20/04/2020 às 09:30 | Atualizada em 20/04/2020 às 11:33

Príncipe Harry e Meghan Markle enviam carta rompendo com tabloides ingleses: Não haverá corroboração

O casal acusa quatro dos principais veículos do Reino Unido de se isentar da responsabilidade pelo que publicam

Da Redação

Divulgação

Sem descanso para os Duques de Sussex em sua luta com os tabloides britânicos. Na noite do último domingo, dia 19, Meghan Markle e o príncipe Harry enviaram uma carta aos editores dos jornais The Sun, Daily Mail, Daily Express e Daily Mirror afirmando que não irão mais corroborar com eles e que não haverá compromisso algum para com eles. No texto, o casal afirma ainda que discorda profundamente do modo como estes veículos reportam as informações.

Ao longo da carta, Meghan e Harry criticam o fato de uma parte influente da mídia se isentar de assumir a responsabilidade pelo que diz e imprime, mesmo quando sabe que poderá gerar uma informação distorcida, falsa ou invasiva sem motivo:

Quando o poder é desfrutado sem responsabilidade, a confiança que todos depositamos nesta indústria tão necessária é degradada. Existe um custo humano real nessa maneira de fazer negócios que afeta todos os cantos da sociedade. O Duque e a Duquesa de Sussex assistiram a pessoas que eles conhecem - e também a estranhos - terem suas vidas completamente afetadas por nenhuma boa razão, além do fato de que fofocas obscenas aumentam as receitas publicitárias. O que eles não querem é colocar-se como moeda para uma economia de caça cliques e distorção.

Os duques afirmam, no entanto, que esta não é uma medida tomada para todos os veículos de comunicação, muito menos uma forma de evitar críticas, encerrar conversas públicas ou censurar relatórios precisos, ressaltando a importância da imprensa livre:

O Duque e a Duquesa de Sussex acreditam que a imprensa livre é a pedra angular de qualquer democracia, particularmente em momentos de crise. [Ela] ilumina lugares escuros, defendendo o que é certo, desafiando o poder e responsabilizando aqueles que abusam do sistema. Já foi dito que a primeira obrigação do jornalismo é a verdade. 

A mídia tem todo o direito de relatar e de fato ter uma opinião sobre o Duque e a Duquesa de Sussex, boa ou ruim. Mas não pode ser baseado em uma mentira. Eles também querem ser muito claros: isso não é de forma alguma uma política geral para todos os meios de comunicação.

A carta vem no mesmo momento em que o caso geral de Meghan contra a Associated Newspapers, editora do Mail on Sunday vai aos tribunais do Reino Unido. A Duquesa de Sussex processou o veículo por publicar trechos de uma carta privada e confidencial enviada ao pai em agosto de 2018.

A seguir, saiba tudo sobre o afastamento de Meghan Markle e príncipe Harry da realeza:


Diversos veículos internacionais especulam que essa vontade do Duque e da Duquesa de Sussex de deixar a família real tem a ver com as constantes críticas que ambos estavam sofrendo desde que assumiram o relacionamento, em 2016. Após o casamento, em maio de 2018, os dois reclamaram da perseguição da mídia inglesa e até desabafaram sobre o assunto algumas vezes. O casal até mesmo chegou a processar tabloides.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual famosa mais te surpreendeu ao ter seu nome envolvido na polêmica de Arthur Aguiar?

Obrigado! Seu voto foi enviado.