X

NOTÍCIAS

Publicada em 14/06/2020 às 13:31 | Atualizada em 14/06/2020 às 13:47

Anna Kendrick fala sobre Crepúsculo e compara as gravações com uma experiência traumática; entenda!

A atriz falou sobre sua carreira em uma entrevista para a Vanity Fair

Da Redação

Divulgação

Anna Kendrick, conhecida, em sua maioria, por estrelar filmes musicais, deu uma entrevista para a revista Vanity Fair para falar sobre sua carreira e acabou comparando a experiência em Crepúsculo como algo traumático.

A atriz revelou que, quando decidiu participar do teste para o filme, pensou que o diretor não a escolheria, mas que poderia lembrar dela para algum trabalho futuro. No entanto, ela foi surpreendida quando conseguiu o papel de Jessica e teve que interpretá-la.

- Embora também fosse uma espécie de vínculo. Havia algo nisso, como se você passasse por algum evento de trauma. Como você imagina pessoas que sobrevivem a uma situação de refém, e você tem um tipo de vínculo vitalício, disse.

A atriz falou sobre o elenco da produção:

-  Só lembro que meu Converse [referindo-se à marca de tênis] estava completamente encharcado e com a sensação de esse é realmente um ótimo grupo de pessoas, e tenho certeza de que seríamos amigos em um momento diferente, mas eu queria matar todo mundo [risos].

Anna relembrou, ainda, uma situação no terceiro longa da saga, Eclipse, na qual ela fazia o discurso de formatura dos personagens da história e brincou que, para ela, aquilo não fez nenhum sentido.

-  Por que eles fizeram do meu personagem o orador oficial? Ela obviamente não é uma boa aluna, mas eles só queriam que eu tivesse algo para fazer. As pessoas ficavam tipo: aquele discurso que você faz no terceiro filme, é realmente fofo. É realmente emocionante. E, juro por Deus, o que está acontecendo é que você está olhando a reação de Kristen Stewart a esse discurso, e é isso que está comovendo você, declarou.

Por fim, a atriz comentou sobre como foi o final do filme:

- Todos pareciam estar em uma lama semi-congelada no final das filmagens. Aí, eu entro e trabalho por uma semana ou duas. E todo mundo está doando sangue, suor e lágrimas pelo projeto há meses. Eu apareço no final e fico tipo: Pessoal, nós conseguimos. Acabou!

Assista, a seguir, à entrevista completa:


Confira abaixo sete motivos para amar Anna Kendrick:


A começar pelo primeiro filme da franquia, A Escolha Perfeita, em que a atriz mostrou talento ao usar um copo para fazer música, cantando Cups. Ela contou, aliás, que aprendeu a música em um dia que estava entediada, e quando viu a chamada na internet, achou que seria interessante passar a tarde tentando aprender a canção.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou do nome da filha de Gigi Hadid e Zayn Malik?

Obrigado! Seu voto foi enviado.