X

NOTÍCIAS

Publicada em 20/07/2020 às 10:56 | Atualizada em 20/07/2020 às 11:17

Amber Heard afirma que Johnny Depp ameaçou desfigurar seu rosto se ela o deixasse, diz jornal

A atriz testemunho nesta segunda-feira, dia 20, após acusar o ator de agressão

Da Redação

Montagem-The Grosby Group

Johnny Depp está processando o jornal The Sun por tê-lo chamado de espancador de mulheres após Amber Heard acusá-lo de agressão. O ator nega as acusações, mas nesta segunda-feira, dia 20, a atriz deu sua versão no tribunal, alegando que por vezes lidou com ameaças, inclusive de morte, ao longo do relacionamento. 

Segundo a BBC, Amber acusou Depp de abuso físico e verbal, além de comportamento extremamente controlador e intimidador.

- Alguns incidentes foram tão graves que eu tinha medo que ele fosse me matar, intencionalmente, ou apenas perdendo o controle e indo longe demais, disse ela, conforme noticiado pela BBC.

A atriz, de 34 anos de idade, afirmou que o ex-marido tinha uma capacidade única de usar seu carisma para transmitir uma certa impressão da realidade e que ele é muito bom em manipular pessoas. Além disso, revelou que o ator culpava uma terceira pessoa chamada de o mostro pelas suas ações.

No testemunho, ela falou sobre um ocorrido quando foi visitar Depp na Austrália em março de 2015, enquanto ele filmava Piratas do Caribe - A Vingança de Salazar. Para ela, a viagem foi como uma situação de refém de três dias.

- Ao longo desses três dias, aconteceram atos extremos de violência psicológica, física e emocional. Foi a pior coisa que já passei. Fiquei com o lábio, o nariz machucado e cortei os braços. Lembro-me de pensar que ele iria me matar naquele momento, revelou ela.

No tribunal, Amber relembrou o início do relacionamento, dizendo que Depp era intensamente afetuoso, caloroso e charmoso, como se estivesse namorando um rei. Porém, segundo o jornal The Guardian, ela afirmou que com a intensidade também tinha uma escuridão, algo que nunca havia presenciado.

- Ele tinha um jeito violento e sombrio de falar. O jeito que ele falava sobre nosso relacionamento estar vivo ou morto e me dizendo que a morte era a única maneira de sair do relacionamento. A maneira como ele descreveria o que ele queria fazer comigo se eu o deixasse ou o machucasse. Por exemplo, desfigurando meu rosto para que ninguém mais me quisesse.

A atriz também afirmou que Depp, enquanto estavam juntos, fazia muitos comentários depreciativos.

- Ele me humilhava sempre que eu tentava usar qualquer coisa que pudesse ser vista como sexy, me chamando de prostituta, vagabunda, faminta de fama e prostituta de atenção.

Mas, de acordo com ela, as ofensas foram ficando piores com o passar do tempo.

- Ele começou a dizer coisas como: vou ter que assistir você ser estuprada e espero que você seja criticada por um monte de caras. 

Além disso, disse também que Depp a acusava de ter relações com outros atores para conseguir papeis no cinema. Dentre esses famosos, estariam Eddie Redmayne, James Franco, Jim Sturgess, Kevin Costner, Liam Hemsworth, Billy-Bob Thornton, Channing Tatum e Leonardo DiCpario.

No interrogatório, Heard falou sobre seu consumo de drogas ao longo da relação, negando que teria usado cocaína. Porém, afirmou ter tomado MDMA, conhecida como ecstasy, e muitos cogumelos de uma só vez. Além disso, ela também falou sobre sua saúde mental, alegando:

- Eu nunca tive um distúrbio alimentar. Eu nunca fui diagnosticada como bipolar. Eu nunca tive um histórico de abuso de bebidas ou substâncias... Embora meus pais sejam alcoólatras.

Questionada se ela tinha algum problema com o controle de seu temperamento, Heard disse: 

- Às vezes, eu tinha explosões de raiva. Sim, eu perdi a calma com Johnny em nossas brigas. Ele era inseguro e ciumento.

Amber também declarou ter ficado extremamente angustiada depois que sua conta do iCloud foi invadida. Segundo ela, algumas fotos suas intimas foram divulgadas e o ator a teria culpado pelo acontecimento. Por fim, ela afirmou que apenas jogou panelas e frigideiras em Depp como autodefesa, negando na sequência a alegação de que teria dado um soco no ator.

Fim da fortuna de Johnny Depp

Enquanto o processo contra o jornal The Sun está acontecendo, vale dizer que o ator está passando por maus bocados devido a má gestão financeira de sua equipe. Segundo o Daily Mail, Depp perdeu 650 milhões de dólares, cerca de R$ 3,1 milhões, por conta de dívidas não pagas pelos seus agentes.

Porém, a publicação afirma que parte do dinheiro gasto está relacionado a muitos investimentos imobiliários feitos pelo ator, que chegou a ser dono de cinco casas em Hollywood, além de outros cinco apartamentos em Los Angeles. Fora isso, ele também teria gasto mais de 150 mil reais em vinhos.

A seguir, saiba mais polêmica envolvendo o divórcio de Johnny Depp e Amber Heard! 


Já em abril de 2019, Johnny alegou ter provas incontestáveis de que não tinha agredido Amber. Ele reuniu algumas imagens de câmeras de vigilância e depoimentos para comprovar as suas declarações. Agora, é a atriz que não responde aos argumentos do ex-marido. Será que o jogo virou?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual você acha que será o sexo do bebê de Virginia e Zé Felipe?

Obrigado! Seu voto foi enviado.