X

NOTÍCIAS

Publicada em 17/09/2020 às 14:05 | Atualizada em 17/09/2020 às 14:19

Homem que perseguiu e ameaçou Taylor Swift é sentenciado a 30 meses de prisão

Eric Swarbrick enviou cerca de 40 mensagens violentas e ameaçadora à antiga gravadora de Taylor

Da Redação

Divulgação

Ser uma celebridade pode ter suas vantagens, mas não é um mar de rosas. Por vezes, algumas pessoas, que se dizem fãs, passam do limite e acabam causando transtorno na vida dos famosos, como aconteceu com Taylor Swift. De acordo com a Billboard, um homem identificado como Eric Swarbrick foi condenado pela Justiça do Texas, nos Estados Unidos, a 30 meses de prisão por perseguir e ameaçar a cantora.

Segundo o veículo, Eric confessou ter encaminhado uma série de e-mails à antiga gravadora da estrela, a Big Record Machine, pedindo para conhecer Taylor. Ao não ser atendido, o teor das mensagens mudou, passando a ficar violento e ameaçador. Ao menos três vezes, o homem teria ido pessoalmente até a sede da gravadora, em Nashville, para entregar as mensagens. 

A sentença de Swarbrick foi anunciada na última quarta-feira, dia 16. Além dos 30 meses de reclusão, ele também terá que cumprir três anos de liberdade condicional supervisionada pelas autoridades, como foi firmado no acordo de confissão feito entre o rapaz e os promotores de Justiça do Estado em 2019.

A seguir, veja os famosos que sofreram com starkers!



Catherine Zeta-Jones é casada com Michael Douglas, mas outra atriz, Dawnette Knight, ficou obcecada por ele e decidiu ameaçar Jones, dizendo que, se ela não deixasse Douglas, ela iria matá-la com requintes de crueldade. De acordo com o Telegraph, ela foi sentenciada a três anos de prisão.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual você acha que será o sexo do bebê de Virginia e Zé Felipe?

Obrigado! Seu voto foi enviado.