X

NOTÍCIAS

Publicada em 15/10/2020 às 15:48 | Atualizada em 15/10/2020 às 15:56

Após sofrer aborto, Eliana admite que sugeriu que o marido seguisse outro caminho para realizar o sonho de ser pai

Na época, a apresentadora tinha acabado de passar por um aborto

Da Redação

Divulgação

Eliana conversou com Thais Fersoza na última quarta-feira, dia 14, e fez uma revelação emocionante sobre sua vida ao lado do marido, Adriano Ricco. Sincera, a apresentadora contou que sugeriu que o diretor seguisse o sonho de ser pai longe dela, já que acreditava que não iria mais engravidar depois dos 40 anos de idade. Além disso, Eliana tinha acabado de passar por um aborto na época.

- Eu tive um aborto antes da Manu e achei que não ia engravidar. Então até falei, na época Olha, eu já tenho 40 e poucos anos. Numa boa, se você quer ser pai, eu diria para você buscar outro caminho. Por mais que a gente se ame, eu acho que não vai rolar. E eu ouvi uma coisa tão bacana dele, que me motivou a permanecer na relação com mais amor ainda... Foi quando ele disse que, independentemente de eu poder ou não ter filho, que ele me amava e que queria seguir comigo. Então aquilo me motivou, mesmo. Foi muito forte para mim. Mesmo amando, deixar ir às vezes é importante, né. 

A comunicadora também falou sobre as cobranças da maternidade.

- Às vezes eu acho que a gente se coloca em armadilhas. Eu, pelo menos, tenho um perfil super protetor e participativo. Mas nesse perfil, a gente acaba entrando em algumas armadilhas. A gente quer estar em todos os lugares, participar de tudo e a gente fica sobrecarregada. Não é que o marido não ajude, ou que a família não estenda a mão na hora que precisa, que a gente esteja totalmente sozinha no mundo... Não. É que a gente se coloca nessa posição de Eu vou dar conta de tudo. E no final das contas, a gente não dá conta de tudo e fica frustrado. No final, é a gente mesmo que se enrola nessa trama de maternidade, de ser uma mãe perfeita. E não tem essa perfeição. 

No bate-papo, Eliana contou que prioriza a rotina e a saúde mental das crianças - e também dos adultos - durante este período de isolamento social. Ela aproveitou para elogiar o maridão, que está ao seu lado durante este momento delicado de pandemia.

- O Adriano é super participativo. Ele tem as iniciativas. Ele cuida da Manu, cuida do Arthur, do enteado. Eles se dão bem. Então isso tem um valor muito grande, muito especial mesmo. 

Ela ainda afirmou que não imaginava que pegaria Covid-19, porque era a pessoa que mais se preocupava com a higiene. 

- A boa notícia é que eu fiquei totalmente assintomática, do início ao fim. A difícil notícia é que o psicológico, a distância dos filhos, a falta de compreensão da Manuzinha, que tem dois anos... Isso parte o coração da gente. De todo mundo, de mãe, então, nem se fala. Então passados os 15 dias, eu liguei para os doutores que estavam me acompanhando e perguntei Posso mesmo abraçar meus filhos? Eu não corro risco de transmitir nada? Fui, tomei meu banho, tudo. Mas a Manuela já estava na porta perguntando se o coronga foi embora.

Por fim, revelou que a filha caçula está amando se maquiar - e citou que se preocupa bastante com a exposição dos filhos.

- A Manu foi um milagre de Deus. O Brasil rezou por ela. Então quando ela nasceu, seria uma ingratidão da minha parte não dividir essa alegria e essa benção. Então eu faço com parcimônia, cuidado e delicadeza.

Assista ao vídeo completo abaixo:


A seguir, relembre os amores da vida de Eliana:


O primeiro namorado famoso de Eliana foi o ex-Dominó Marcos Quintela, com quem se relacionou por seis anos.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

2020 não está fácil e perdemos várias pessoas queridas. Mas qual famoso você sentirá mais falta?

Obrigado! Seu voto foi enviado.