X

NOTÍCIAS

Publicada em 23/11/2020 às 18:30 | Atualizada em 23/11/2020 às 16:59

Caetano Veloso é cancelado na web após frase polêmica: Ignorante

O músico celebrou o aniversário do filho, Moreno Veloso, e deu parabéns à reprodução heterossexual

Da Redação

Divulgação

No último domingo, dia 22, Caetano Veloso fez homenagem ao seu filho, Moreno Veloso, que completou 48 anos de idade. O músico postou um álbum de fotos antigas ao lado do filho, mas o que chamou a atenção mesmo foi o fato de o cantor ter usado a frase parabéns à reprodução heterossexual, causando o cancelamento de Caetano nas redes sociais. O texto diz o seguinte:

Hoje, 22, e? aniversa?rio de Moreno (@morenoveloso). Parabe?ns. Parabe?ns a? vida, a? reproduc?a?o heterossexual, ao mundo que ganhou um habitante ta?o luminoso. Ve?-lo explicando coisas de fi?sica numa conversa com o reitor da Unicamp e? uma festa para o espi?rito. A emissa?o da voz nas frases que ve?m com fluidez tranquila a? sua mente, a clareza da pessoa, essa pessoa que nasceu de Dede? e de mim! E ouvi-lo cantar Fullga?s (Lanc?amento em breve) na gravac?a?o nova que ele fez com seu cello e seu viola?o, colorida do apoio dos amigos Pedro Sa?, Ricardo Dias Gomes e Bartolo. A canc?a?o de Marina e Cicero ressurge, sem perder nada da beleza original da versa?o da autora, relida com tranquilidade e delicadeza - lic?o?es que a bossa nova deixou para provar sempre que intensidade pode ate? aumentar em interpretac?o?es discretas. Felicidades para Moreno e para toda a turma que ele trouxe para no?s ao constituir sua nova fami?lia.

Não demorou para que os internautas logo comentassem - e criticassem - Caetano:

Como assim reprodução heterossexual, Caetano. Isso nem existe, cara, ou é assexuada ou sexuada. Por falta desses conceitos básicos o brasileiro acredita tanto em fake news e tão pouco na ciência... e era só falar: filho te amo, mas ficou uma b***a o parabéns, hein. 

Graças à reprodução heterossexual somos obrigados a ver comentários infelizes assim.

Caetano Veloso mais uma vez sendo um ignorante. Onde já se viu falar em reprodução heterossexual?

Esse tuíte foi para divulgar o novo trabalho do filho ou parabenizar a reprodução heterossexual?

O burburinho foi tanto que, horas depois, o próprio Caetano se pronunciou novamente para explicar a origem da frase:

Contam-me que causou alguma revolta o fato de eu ter celebrado a reprodução heterossexual no meu post sobre o aniversário de Moreno. Gozado: só me ocorreu mencionar esse aspecto da real forma em que Moreno foi concebido por estar em contato intenso com a obra do filósofo transgênero Paul B. Preciado (o B. em seu nome é de Beatriz, que é como ele se chamava quando era mulher). Ele e eu dividimos uma mesa na @flip_se, que este ano vai ser online e grátis. Festejar o nascimento de uma pessoa pressupunha que a concepção desta tivera origem num ato heterossexual. Esse fato não precisava ser marcado: era natural e, portanto, pressuposto. Vivendo mais intensamente a realidade do mundo contemporâneo, ocorreu-me marcar essa especificidade do modo como Moreno foi gerado. 

O músico continua:

Hoje você pode ser lésbica e ter uma mulher que desenvolve no útero dela a criança formada por um óvulo seu e o espermatozoide de um amigo (ou de um anônimo) que não teve nenhuma participação nas atividades sexuais de vocês duas. Dois homens, amantes entre si, podem promover o nascimento de um rebento com o sêmen de um deles mais o óvulo de uma barriga de aluguel. Há mil (e haverá mais) maneiras de se planejar reprodução sem ato hétero. Meu lado homo orgulha-se de ver admitido publicamente que a reprodução heterossexual é, hoje, uma forma entre outras. 

Logo abaixo, relembre as declarações dos famosos que deram o que falar:

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que agora Bruna Marquezine e João Guilherme assumiram o romance?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Caetano Veloso é <i>cancelado</i> na <i>web</i> após frase polêmica: <i>Ignorante</i>

Caetano Veloso é cancelado na web após frase polêmica: Ignorante

15/Jun/

No último domingo, dia 22, Caetano Veloso fez homenagem ao seu filho, Moreno Veloso, que completou 48 anos de idade. O músico postou um álbum de fotos antigas ao lado do filho, mas o que chamou a atenção mesmo foi o fato de o cantor ter usado a frase parabéns à reprodução heterossexual, causando o cancelamento de Caetano nas redes sociais. O texto diz o seguinte:

Hoje, 22, e? aniversa?rio de Moreno (@morenoveloso). Parabe?ns. Parabe?ns a? vida, a? reproduc?a?o heterossexual, ao mundo que ganhou um habitante ta?o luminoso. Ve?-lo explicando coisas de fi?sica numa conversa com o reitor da Unicamp e? uma festa para o espi?rito. A emissa?o da voz nas frases que ve?m com fluidez tranquila a? sua mente, a clareza da pessoa, essa pessoa que nasceu de Dede? e de mim! E ouvi-lo cantar Fullga?s (Lanc?amento em breve) na gravac?a?o nova que ele fez com seu cello e seu viola?o, colorida do apoio dos amigos Pedro Sa?, Ricardo Dias Gomes e Bartolo. A canc?a?o de Marina e Cicero ressurge, sem perder nada da beleza original da versa?o da autora, relida com tranquilidade e delicadeza - lic?o?es que a bossa nova deixou para provar sempre que intensidade pode ate? aumentar em interpretac?o?es discretas. Felicidades para Moreno e para toda a turma que ele trouxe para no?s ao constituir sua nova fami?lia.

Não demorou para que os internautas logo comentassem - e criticassem - Caetano:

Como assim reprodução heterossexual, Caetano. Isso nem existe, cara, ou é assexuada ou sexuada. Por falta desses conceitos básicos o brasileiro acredita tanto em fake news e tão pouco na ciência... e era só falar: filho te amo, mas ficou uma b***a o parabéns, hein. 

Graças à reprodução heterossexual somos obrigados a ver comentários infelizes assim.

Caetano Veloso mais uma vez sendo um ignorante. Onde já se viu falar em reprodução heterossexual?

Esse tuíte foi para divulgar o novo trabalho do filho ou parabenizar a reprodução heterossexual?

O burburinho foi tanto que, horas depois, o próprio Caetano se pronunciou novamente para explicar a origem da frase:

Contam-me que causou alguma revolta o fato de eu ter celebrado a reprodução heterossexual no meu post sobre o aniversário de Moreno. Gozado: só me ocorreu mencionar esse aspecto da real forma em que Moreno foi concebido por estar em contato intenso com a obra do filósofo transgênero Paul B. Preciado (o B. em seu nome é de Beatriz, que é como ele se chamava quando era mulher). Ele e eu dividimos uma mesa na @flip_se, que este ano vai ser online e grátis. Festejar o nascimento de uma pessoa pressupunha que a concepção desta tivera origem num ato heterossexual. Esse fato não precisava ser marcado: era natural e, portanto, pressuposto. Vivendo mais intensamente a realidade do mundo contemporâneo, ocorreu-me marcar essa especificidade do modo como Moreno foi gerado. 

O músico continua:

Hoje você pode ser lésbica e ter uma mulher que desenvolve no útero dela a criança formada por um óvulo seu e o espermatozoide de um amigo (ou de um anônimo) que não teve nenhuma participação nas atividades sexuais de vocês duas. Dois homens, amantes entre si, podem promover o nascimento de um rebento com o sêmen de um deles mais o óvulo de uma barriga de aluguel. Há mil (e haverá mais) maneiras de se planejar reprodução sem ato hétero. Meu lado homo orgulha-se de ver admitido publicamente que a reprodução heterossexual é, hoje, uma forma entre outras. 

Logo abaixo, relembre as declarações dos famosos que deram o que falar: