X

NOTÍCIAS

Publicada em 14/12/2020 às 07:35 | Atualizada em 14/12/2020 às 08:27

Alok e Romana Novais se emocionam ao relembrarem susto de parto prematuro e revelam previsão de alta da filha

A médica ainda afirmou que não deseja ter mais filhos e segue assustada com tudo o que aconteceu

Da Redação

Montagem-Divulgação

Alok e Romana Novais relembraram na noite do último domingo, dia 13, em entrevista ao Fantástico, os momentos difíceis que viveram no início de dezembro, quando a médica deu à luz de forma prematura a filha deles, Raika, por causa das complicações da Covid-19. Em bate-papo com Renata Ceribelli, os dois foram às lágrimas e falaram sobre o susto que passaram, quando Romana e a bebê correram risco de vida.

- Renata, pra mim é o mais difícil de tudo assim, sabe? Porque mãe né? A gente quer estar, amamentar e o sonho de amamentar assim, eu não tive. Foi muito rápido o nosso contato quando ela nasceu. Fiquei tão assustada com tudo que não quis nem tocar muito nela por causa da COVID e logo tiraram ela de mim, levaram ela para a UTI e a gente se separou, lembrou a médica.

Alok elogiou a esposa e explicou que apenas ele está podendo visitar os filhos:

- A Romana tem sido uma grande guerreira. Faz nove dias que ela já não consegue ficar com a Raika porque ainda não testou negativo para o COVID. Eu consegui ver ela depois de sete dias, uma semana depois. Primeiro fui abraçar o meu filho, o Ravi. Fiquei grudado com ele, depois fui pra maternidade e eu fico sempre passando as informações pra Romana também.

Romana relembrou quando entrou em trabalho de parto:

- Então cheguei na clínica com Alok para ser avaliada e a gente fez um ultrassom mas de repente, em poucos minutos, quando eu estava me trocando pra fazer outro exame, e comecei a sangrar muito, muito, muito, muito e fiquei muito assustada. Eu sangrava sem parar, tinha sangue pela sala inteira. O Alok ficou muito nervoso. Eu só gritava: eu preciso salvar a minha filha, eu estou com muita dor, está doendo demais, e era uma dor que não dá pra descrever e... muito sangue, muito sangue. A gente seguiu direto pro Hospital no carro, já estava imaginando que ela estava prestes a vir ou pior, né? Eu achei que ela pudesse não ficar viva, disse ela chorando.

Após a exibição da entrevista, Romana respondeu algumas perguntas de seguidores no Instagram e entregou que ainda está muito assustada com o ocorrido e que não quer mais ter o tão sonhado terceiro filho:

Queríamos ter três biológicos, mas confesso que estou bem assustada... No momento não quero mais, disse.

Ela ainda revelou que Raika só poderá ter alta da UTI Neonatal quando estiver pesando dois quilos. Atualmente, ela segue com 1,6 quilos.

Alok também usou as redes sociais no domingo, dia 13, confirmando que irá realizar uma live de fim de ano no sábado, dia 19. No vídeo, que você confere abaixo, ele explica que decidiu seguir com o projeto pois acredita no poder de cura da música em um momento tão complicado para ele e para o mundo inteiro, que enfrenta a pandemia do coronavírus.

Primeiro eu me perdi pra depois me encontrar. E num período de dúvidas sem respostas eu aprendi na prática o que já sabia na teoria: a música cura. Ela nos conduz reposicionando o nosso estado emocional e transformando a nossa visão sobre a vida em determinado momento, e a partir daí, a nossa percepção é alterada proporcionando um bem estar que nos acalma, acalenta e nos renova cheios de esperança criando uma nova perspectiva a partir de tudo. Entender que a minha melhor ferramenta é a música, me enche de respostas em um período tão intenso em nossas vidas. Saber que eu posso contribuir sempre de alguma maneira me torna ainda mais vivo. E então tudo faz sentido. Nos vemos dia 19 de dezembro, a partir das 21 horas no meu canal do YouTube, escreveu ele na legenda do vídeo abaixo.


Eliana teve uma gravidez complicada antes de dar à luz Manuela, que é fruto de seu relacionamento com Adriano Ricco. E um dia antes do parto, a apresentadora passou por uma situação horrível, segundo contou para a revista Crescer: - Um dia antes de a Manuela nascer, tive uma síndrome, um pânico, fiquei com medo de morrer. Fiz testamento. Fiz tudo o que você pode imaginar como despedida. Até passei o código do meu celular para duas amigas. Tive um surto mesmo. Chorei tanto durante a madrugada que, no outro dia, quando fui para a sala de cirurgia, eu estava bem. Complicado, né? Ainda bem que deu tudo certo!

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da possível nova traição de Arthur Aguiar?

Obrigado! Seu voto foi enviado.