X

NOTÍCIAS

Publicada em 04/02/2021 às 18:15 | Atualizada em 04/02/2021 às 18:09

Lídia Franco esclarece acusações de agressão contra Adam Driver: Lamento todo o mal-entendido

Em entrevista para um podcast, a atriz afirmou que Driver a teria agredido com uma cadeira

Da Redação

Montagem-Divulgação-The Grosby Group

As declarações de Lídia Franco ao podcast Era O Que Faltava se tornaram assunto no mundo todo. Afinal, a atriz acusou Adam Driver, conhecido por interpretar Kylo Ren em Star Wars, de a ter agredido com uma cadeira durante uma cena do filme O Homem que Matou Dom Quixote, lançado em 2018.

A atriz de 72 anos de idade conta que tudo aconteceu de forma muito camuflada durante as filmagens do longa.

- Portou-se muito mal comigo, fisicamente. Agrediu-me. Não tinha nada a ver com a cena. Era uma agressão camuflada, com uma cadeira.

Lídia ainda afirmou que considera Adam um ótimo ator, mas uma péssima pessoa. E que chegou a ser questionada se queria sair do filme.

- Deram-me permissão para sair do filme. Disseram-me que era horrível o que ele estava fazendo, mas que não podia fazer nada. Estavam de mãos atadas [contratualmente]. Vieram falar comigo e disse: Lídia, é horrível, isto que ele está te fazendo, mas, por contrato, não podemos fazer nada. É livre, se quiser, de abandonar. E eu disse: Não abandono este filme.

No entanto, parece que a repercussão do caso assustou Franco, já que apenas alguns dias depois da divulgação do podcast, na última quarta-feira, dia 3, a atriz decidiu soltar um comunicado ao site NiT para esclarecer melhor a situação.

Os nossos personagens, no filme O Homem que Matou Dom Quixote, tinham de estar fisicamente próximos. Considerei o comportamento do ator pouco delicado porque na preparação de uma cena não teve o cuidado que julgo deveria ter tido. Os nossos personagens tinham que estar fisicamente próximos e, cada vez que ele se levantava com o grande ímpeto do personagem para fazer o resto da cena, uma cadeira onde estava sentado tocava-me com uma certa força.

Segundo a atriz, o incômodo foi maior ao perceber que Adam continuava o ato sem se abalar com o fato de a estar machucando.

Foi incômodo. E esse incômodo foi visível, e o ator mostrando-se aparentemente indiferente, insistindo no mesmo comportamento.

Franco conta que essa foi a única razão que a motivou falar sobre o ocorrido durante o podcast

Fiz sem qualquer intenção de o prejudicar. Não foi uma agressão, nem nunca senti ou reportei que fosse essa a intenção do ator. Lamento todo o mal-entendido.

A seguir, veja as polêmicas que 2021 já trouxe!


Marcius Melhem abriu um processo contra Dani Calabresa por calúnia e difamação, de acordo com o colunista Leo Dias. Em dezembro de 2020, uma reportagem da revista Piauí expos detalhes do suposto assédio cometido por Marcius contra Dani e outras atrizes da Globo. A repercussão da matéria fez com que muitos famosos declarassem publicamente seu apoio a Dani Calabresa. Leo Dias teve acesso ao processo movido por Marcius e informou que o humorista pede a quantia de 200 mil reais, que será doada para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) caso ganhe o processo. Além disso, Melhem pede o valor de 46 mil e 400 reais, referente a gastos de acompanhamento psicológico que o humorista se submeteu após o caso vir à tona. Não é só Dani Calabresa que está sendo processada em ações movidas por Marcius Melhem! De acordo com Leo Dias, o ex-diretor do núcleo de humor da TV Globo está mirando em outros alvos após ser acusado de assédio sexual. Rafinha Bastos, Danilo Gentili, Marcos Veras e Felipe Castanhari estão entre os nomes mirados por Melhem.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Khloé Kardashian exagera nas edições de suas fotos?

Obrigado! Seu voto foi enviado.