X

NOTÍCIAS

Publicada em 22/02/2021 às 06:43 | Atualizada em 22/02/2021 às 07:30

Ao falar sobre a cura do câncer, marido de Ana Hickmann relembra momento que achou que não resistiria: - Eu estava preparado para ir

Alexandre Correa passou a lutar contra a doença no final de 2020

Da Redação

Divulgação

Como você acompanhou no ESTRELANDO, Alexandre Correa, marido e empresário de Ana Hickmann, está um passo mais próximo de vencer o câncer que descobriu na região do pescoço. Meses após iniciar o tratamento contra a doença, ele tem motivos para comemorar, já que nenhum sinal do tumor foi encontrado nos novos exames. Isso não significa que ele não esteja fragilizado pelo processo difícil que passou e não viva com medo. Por isso, em entrevista exclusiva ao Domingo Espetacular que foi ao ar na noite do último domingo, dia 21, Alexandre e Ana contam detalhes do tratamento, descrevem o momento mais tenso da batalha e contam quais são os próximos passos até a cura. 

Para começar, ele fala sobre como se sente nos dias de hoje, passada a etapa mais difícil do tratamento:

- Sete quilos mais gordinho, dos 23 que eu perdi. Feliz de poder estar voltando a cuidar da minha família, de poder estar à frente do negócio de novo, com algumas restrições, e de ter conseguido já dar início à promessa que eu fiz que assim me desse por curado, pela voz do médico, de correr atrás de quem não tem para tratamento do câncer (...) Eu estou curado, né? Então é alegria total, eu estou curado. 

Alexandre ainda conta como disse para os mais próximos sobre a cura:

- A gente tem o grupo da rede, que é das pessoas que cuidam do canal...

E é interrompido por Ana, em tom de brincadeira:

- Ai, verdade! Primeiro você contou lá e esqueceu de ligar para mim, depois que você ligou!

O que ele explica, aos risos:

- Eu estava tão doido que eu mandei no grupo da rede, porque ela estava lá e ia ver, mas todo mundo ia ver. Eu fui extremamente indelicado com a minha esposa que sofreu horrores junto comigo. Eu tinha que ter contado para ela primeiro. Ela chegou e acabou comigo. Eu tive que ficar pedindo desculpas por uma semana.

- Na verdade ele mandou uma foto com o doutor Andrei, e ele falou assim: A foto está boa? Eu quero contar para todo mundo que acabou, lembra Ana, contando como recebeu a notícia da cura do marido.

Além disso, ela relembra também os momentos difíceis que passou ao lado do amado:

- A gente viu o Alê perdendo peso, não conseguindo mais se alimentar, tendo que colocar sonda, depois veio a gastro, e o corpo cada vez mais fraco e ele sofrendo muito, com muita dor, com muito enjoo, com muito mal-estar, a ponto de no dia 25 ele passar muito mal. Eu lembro como se estivesse acontecendo agora: eram duas, quase três horas da tarde, ele não estava nem com a gente na mesa do almoço. Ele começou a passar mal no quarto por conta da fraqueza, ele realmente teve um colapso.

E Ana foi interrompida pelo marido, que disse, com lágrimas nos olhos:

- Na verdade, eu choquei sete vezes. Eu tinha certeza que ia morrer, certeza, certeza que eu ia morrer, mas eu não fui. Eu estava preparado para ir, se eu tivesse que ir, eu ia, fala chorando. 

E não é só! Alexandre também fala do medo constante que tem nos dias de hoje:

- Vou ter que viver com ele. Acabou. Tem um cara que fala assim: Se der medo, vai com medo mesmo. E agora acabou, eu vou com medo mesmo. O que eu vou fazer? Não vou ficar de mimimi, não vou ficar chorando pelos cantos. Vai com medo mesmo, eu não estou nem aí. Dia 20 do três tem um novo pet scan, vai fazer um novo pet scan e depois outro exame de novo... E eu estou com uma anemia bastante séria ainda, né? Eu fico tremulo muito fácil. As meninas aqui no escritório me ajudam um pouco, porque veem que às vezes eu estou muito branco. 

Essas, aliás, são mudanças que ele ainda sente no dia a dia:

- Eu estou muito fraco ainda. E a memória, está muito ruim a memória. 

O que ele fez logo que teve a notícia da cura e que não conseguia fazer antes?

- Uma refeição a três em casa, eu a Ana e o Alexandre (filho do casal), quietinhos. 

Isso porque Alexandre não conseguia comer quase nada:

- Não tinha sabor as coisas. Voltou uns 40%. Tudo tinha gosto de sabonete. Como se você pegasse a espuma do sabonete e pusesse na boca (...) Eu não conseguia comer. Eu fiquei 21 dias, exatamente, sem conseguir colocar um alimento na boca. 

Ainda emocionado, ele declara:

- Eu não sabia que gostavam tanto de mim, e eu fico muito grato. E insisto, desculpa a redundância: eu me recuso a ficar vivo agora, diante de todo o carinho que eu recebi, eu me recuso a ficar vivo e não fazer o bem. 

Além disso, eles falaram sobre os 23 anos que estão juntos, e prometeram festão com vestido de noiva e tudo para 2023, quando completam 25 anos de casamento. Confira um vídeo extra, no qual eles falam sobre o casamento:


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que os príncipes William e Harry se reconciliarão em breve?

Obrigado! Seu voto foi enviado.