X

NOTÍCIAS

Publicada em 22/03/2021 às 08:45 | Atualizada em 22/03/2021 às 09:16

Sertanejo Edson fala sobre internação por conta da Covid-19 e revela que ficou com 75% do pulmão comprometido: - Pude passar pelo vale da morte

A dupla de Hudson contou sobre os medos que sentiu ao passar pela UTI e detalhou alguns dos males causados pela doença

Da Redação

Ag News

Como você acompanhou aqui no ESTRELANDO, o sertanejo Edson, da dupla com Hudson, se recuperou recentemente da Covid-19 após passar um período internado por conta da doença. O cantor, que chegou a ser transferido para a UTI, deu uma entrevista para o Domingo Espetacular no último domingo, dia 21, e falou um pouco mais sobre o período em que esteve no hospital.

Edson iniciou a conversa contando sobre como se sentiu quando descobriu a doença, e relatando a rapidez com a qual o quadro evoluiu e fez com que ele tivesse que ser rapidamente internado:

- Quando eu fui fazer o teste pra ver se eu estava com Covid ou não, eu já estava há alguns dias com uma febre persistente, muita dor no corpo, muita dor de cabeça. Quando eu descobri, foi detectado, fiquei super assustado. Parece que você está recebendo uma sentença de quase morte. Quando eu vi, minha oxigenação já tinha ido lá pra baixo, eu já estava com o pulmão super comprometido, quando eu vi eu já tinha que estar na UTI, fui transferido e quase morri. 

O cantor, que ficou cinco dias na Unidade de Tratamento Intensivo, admitiu que chegou a temer não sair do hospital com vida, mas que em nenhum momento perdeu a fé de que sua recuperação era possível:

- Quando eu estava na UTI, pude passar pelo vale da morte e enxergar minha vida chegar ao fim. Mas sempre com esperança e fé de que eu poderia dar a volta por cima. Tinha muita gente orando por mim. Apesar de ter ficado feia a situação, quando o antibiótico começou a fazer efeito a desintoxicação foi rápida.

Edson ainda detalhou algumas de suas experiências no hospital, revelando uma grande perda de peso, quedas bruscas de pressão e o quanto seu pulmão foi prejudicado pela doença:

- Perdi uns dez quilos durante toda a internação. No primeiro dia que cheguei na UTI, confesso que quase morri. Minha pressão chegou a oito por cinco. Achei que tinha chegado o meu momento. Quando eu fiz a última tomografia, deu mais de 75% [do pulmão comprometido]. 

Com isso, o cantor revelou que o medo de não poder voltar a cantar e de talvez não ver mais a família se tornaram constantes:

- Eu perdi totalmente a voz, não conseguia falar. O fôlego não vinha. Ficava pensando como eu ia fazer para cantar, se ia perder o maior dom que Deus me deu. Eu pensava que não ia mais poder cantar, ver meus filhos, minha esposa, meus irmãos. A minha vida sempre foi o fôlego, abrir o peito e soltar a voz.

A dupla de Hudson ainda relembrou uma ocasião na qual estava na UTI e recebeu a visita da esposa, que lhe informou que sua avó havia morrido. De acordo com Edson, esse foi um momento marcante de sua internação:

- Parecia que ela tinha dado a vez dela pra que a minha vida continuasse.

A seguir, veja as celebridades que se recuperaram da Covid-19.


Assim como o príncipe Charles, Luisa Mell se curou da doença. E, como sempre, foi logo contar a notícia nas redes sociais. Antes isolada do próprio filho, Enzo, a ativista logo pode voltar a ter contato com o pequeno e, no Instagram, garantiu que já estava se sentindo bem melhor: Estou me sentindo bem melhor, não tive mais falta de ar e nem dor no peito, estou outra. Já o marido de Luisa, Gilberto Zaborowsky, que estava internado, também recebeu alta hospitalar na mesma época.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

SAIBA MAIS

Enquete

O que você achou da vitória de Juliette no BBB21?

Obrigado! Seu voto foi enviado.