X

NOTÍCIAS

Publicada em 12/06/2021 às 09:15 | Atualizada em 12/06/2021 às 09:25

Maria Lina Deggan volta às redes sociais após morte prematura de seu filho com Whindersson Nunes

A estudante declarou que as últimas semanas não têm sido fáceis

Da Redação

Montagem-Divulgação

Maria Lina Deggan publicou alguns Stories novos na última sexta-feira, dia 11, em seu perfil oficial do Instagram. É a primeira vez que a estudante aparece após a morte prematura de seu filho com Whindersson Nunes. Anteriormente, Maria havia compartilhado um pequeno texto em tributo ao filho, que se chamaria João Miguel, além de ter exibido as novas tatuagens que ela e Whindersson fizeram em homenagem ao pequeno.

Na rede social, Maria postou um boomerang com um olhar triste. Ela também escreveu uma declaração sobre os últimos dias.

Muito, muito obrigada por tanto amor que me deram nessas últimas semanas... não tem sido fácil, mas os planos dEle são maiores que os nossos.

A noiva de Whindersson aproveitou, ainda, para deixar uma passagem bíblica, que pode ser encontrada em Josué, capítulo 1, versículo 9.

Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar.

A seguir, relembre as famosas que são um exemplo de superação após abortos espontâneos:


Courteney Cox, a Monica de Friends, sofreu um aborto enquanto gravava a série, mais precisamente no período da história em que Rachel, vivida por Jennifer Aniston, estava dando à luz Emma, sua primeira filha: - Eu lembro de uma vez em que sofri um aborto e Rachel estava dando à luz. Foi, tipo, ao mesmo tempo. Meu Deus, que terrível ter que ser engraçada, declarou a NBC News.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você acha que mais vai rolar dentro do Ilha Record?

Obrigado! Seu voto foi enviado.