X

NOTÍCIAS

Publicada em 02/08/2021 às 09:05 | Atualizada em 02/08/2021 às 10:08

Buddy Valastro relembra acidente em máquina de boliche: - Minhas mãos me transformaram em quem eu sou

O confeiteiro teve a mão perfurada em um acidente em setembro de 2020

Da Redação

Divulgação

Buddy Valastro relembrou o grave acidente que sofreu em setembro de 2020 enquanto jogava boliche com a família. Em entrevista ao Domingo Espetacular do último domingo, dia 1º, o confeiteiro explicou como ocorreu o ferimento:

- Recentemente, o porão foi repintado e esqueceram de colocar de volta uma peça da máquina de boliche. Por isso, ela começou a travar. Então, eu fui lá atrás [atrás da pista, onde ficam as máquinas] para tentar arrumar. Em um segundo que eu olhei para o lado, a máquina prensou a minha mão e um grande pino de metal atravessou no meio.

O Cake Boss afirmou que a máquina perfurou e esmagou sua mão:

- Eu estava mexendo naquela outra máquina ali [a que fica no lado direito, perto da parede], e ainda dá para ver sangue na parede. Eu estava ali, na frente da máquina, e foi este movimento da máquina que fez a haste atravessar e prender a minha mão. A máquina ficou indo e voltando esmagando a minha mão.

Buddy contou que já fez cinco cirurgias e que, no começo, havia perdido o movimento dos dedos:

- Eu não podia mexer esses dedos [o dedo do meio e o anelar] e não sabia se um dia ia conseguir cozinhar de novo. (...) Eu ainda faço fisioterapia, provavelmente até setembro, quando vai completar um ano do acidente. E são grandes as chances de eu ter que fazer uma nova cirurgia.

Um dos filhos dele, Buddy Jr., de 17 anos de idade, também relembrou os momentos do trágico acidente:

- Foi horrível. Foi eu que tive que cortar o pino fora com uma serra. Eu estava com medo de cortar a mão dele.

Já Marco, de 14 anos de idade, outro filho do confeiteiro, percebe grande melhora no pai:

- É incrível como ele está se recuperando. Ele já está bem melhor.

Buddy ainda falou sobre o apoio da família depois do ocorrido:

- Eu não deixava transparecer o medo que eu estava sentindo, porque não queria que eles se preocupassem, mas eles são os melhores, tem feito tudo por mim. (...) Foram cinco operações até agora e já melhorou bastante. Só depois da cirurgia de fevereiro deste ano que eu tive ideia do que eu realmente podia recuperar. Esses dedos, [o dedo do meio e o anelar], eu nem conseguia dobrá-los, ou fechar o punho. Considerando tudo o que aconteceu, eu não posso servir como modelo de mãos, mas ainda posso fazer bolos.

Por fim, o confeiteiro afirmou:

- Minhas mãos me transformaram em quem eu sou. Essa [a mão direita] é a minha mão dominante, o que é pior ainda. (...) Olha, eu ainda posso confeitar. Não do mesmo jeito, é diferente, mas consigo. A memória está aqui. Mesmo depois do acidente, minha mão sabia o que fazer, só não conseguia. É algo natural.

Logo abaixo, confira os famosos que já sofreram graves acidentes durante a carreira.


Danielle Winits e Thiago Fragoso se machucaram após os cabos de suspensão dos atores se romperem durante uma peça. Os dois estavam em uma altura de mais de quatro metros quando caíram, levando Fragoso a ficar 17 dias internado e passar por várias cirurgias e acompanhamento médico. Winits teve mais sorte e sofreu ferimentos leves, mas a dupla guarda na memória o sufoco que passaram na apresentação.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual casal é o mais queridinho da atualidade?

Obrigado! Seu voto foi enviado.