X

NOTÍCIAS

Publicada em 18/10/2021 às 17:34 | Atualizada em 18/10/2021 às 17:34

Marcus Majella fala sobre Paulo Gustavo: Sinto sua falta todos os dias

O ator compartilhou um trecho da letra do samba enredo que irá homenagear o amigo

Da Redação

Divulgação

Nesta segunda-feira, dia 18, Marcus Majella compartilhou um trecho do samba enredo da São Clemente que irá homenagear Paulo Gustavo no Carnaval de 2022. Marcus, que além de parceiro de trabalho também era muito amigo do humorista, comentou sobre a saudade do amigo que faleceu em maio deste ano devido à Covid-19.

Dona Hermínia mandou avisar que pode⁣; Brincar na avenida e dizer no pé; ⁣Mulher com mulher, tudo bem; ⁣Homem com homem, também; ⁣O negócio é amar alguém, escreveu Marcus.

O humorista postou um vídeo de Paulo desfilando durante as gravações antigas do programa Vai Que Cola, onde os dois trabalharam juntos.

São Clemente, que lindo o samba em homenagem ao nosso amigo. Como disse @juamaral00, Paulo Gustavo merece sim todas as homenagens. E eu estarei sempre na primeira fileira, como em todas as peças, aplaudindo e vibrando. Te amo, PG. Sinto sua falta todos os dias. Mas você viverá pra sempre no meu coração.

Veja também as homenagens feitas para o ator após sua morte:



Paulo Gustavo era assumidamente um fã de Beyoncé, de quem inclusive recebeu uma homenagem póstuma. Um mês após a morte do ator, Ingrid Guimarães decidiu relembrar justamente o primeiro show da cantora visto pelo humorista, nos Estados Unidos - ocasião em que o amor de Paulo pela Queen B teria surgido. Em relato ao O Globo, ela conta: Fizemos uma das nossas primeiras viagens internacionais juntos há uns 14 anos, para Nova York. Paulo estava começando a ganhar dinheiro, e a gente saiu comprando coisas sem nenhuma utilidade. Me convenceu a comprar desde colher de pau a lugar para colocar bombril, um negócio de vodka de mentira todo de brilho... Era o início dos personagens dele, compramos muitas perucas também. Na hora em que a gente foi embarcar, nossa mala deu acima do peso. Aí passamos por aquela situação péssima de ficar tirando coisa da mala no meio do aeroporto. Uma hora, ele pegou o folder de Minha mãe é uma peça, no Candido Mendes, que ainda não era aquele estouro absoluto, e disse: Mostra pro cara que a gente é famoso no Brasil, diz que essas coisas são para o figurino. Claro que o cara falou: Dane-se quem são vocês. Nessa mesma viagem, fomos a um show da Beyoncé, o primeiro da vida dele. Ele pagou caríssimo para ficar perto dela. Uma hora, ela disse: Levanta a mão quem faz aniversário hoje. Ele não entendia bem inglês, e eu disse: Levanta a mão, finge que é seu aniversário. Ele levantou, e ela disse Happy birthday the pink one, porque ele estava de camisa rosa. Foi a maior emoção. Ali, começou o amor pela Beyoncé. A admiração era tanta que, como conta Mônica Martelli, Paulo teria começado a estudar inglês apenas para conhecer a cantora.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou de Marco Pigossi assumindo o relacionamento com um diretor italiano?

Obrigado! Seu voto foi enviado.