X

NOTÍCIAS

Publicada em 14/01/2022 às 19:36 | Atualizada em 14/01/2022 às 19:36

Leo Santana lança GG Astral e dispara: É uma mistura de ritmos

A produção traz participação de Ludmilla e Wesley Safadão

Mariana Pacheco

Divulgação

Leo Santana está de volta pra animar mais um verão com seu novo álbum GG Astral. Na nova produção o cantor apostou no bregadão, funk, pagode e muito mais, investindo em uma mistura de ritmos única e que promete agradar todos os gostos. E ele não está sozinho! Ludmilla e Wesley Safadão estão juntos com Leo nesta produção. Em coletiva com o ESTRELANDO, Santana contou um pouco sobre a produção e expectativas para seu novo trabalho.

- GG Astral envolve obviamente o meu astral, a minha alegria, minha animação e energia, que quem já foi no meu show sabe a animação que é.

A aposta em diferentes ritmos vem do próprio gosto do artista em diferentes tipos de música. 

- Tento incluir os ritmos que todos gostam. Tem pagode, que é a minha área, funk, que já internacional, e o brega da Bahia. E sempre exaltando as mulheres, é claro.

Com o lançamento de GG Astral nas vésperas do Carnaval, Leo revela qual a música que ele aposta como hit da grande festa brasileira.

- A música que eu vejo como cara de Carnaval é Tô colocando, mas para viralizar, música de massa e de show é Toma com a Ludmilla . É muito viral e pegajosa, pode dar um caldo incrível para fazer uma sopa no verão.

A parceria com Ludmilla não é nova, depois do sucesso de Invocada, os dois estão juntos novamente para a música Toma - escrita e produzida pela funkeira.

- Ludmilla fez a música Toma sozinha, é composição dela. Me deu esse presente.

Leo destacou que o diferencial do álbum é a forma intimista dele.

- Esse projeto é bem intimista, bem menor. Ele é pequeno e intimista, em estrutura, mas grandioso.

Com a nova onda de Covid-19, algumas restrições estão voltando a tona, como a diminuição de público dos shows. Apesar disso, o cantor afirma que isso não irá atrapalhar a divulgação do álbum.

- Nos shows eu acho que eu consigo divulgar mais o meu trabalho, porque eu faço os vídeos com o povo cantando. Eu só consigo entender que é um sucesso quando eu estou ali na rua. Vejo nos charts, mas por ali eu não consigo ter noção. Mas acho que as restrições não vão atrapalhar, vai me dar mais vontade de fazer acontecer. E claro, eu gostaria de estar ali com o povo todo, eu vou continuar a estar no palco com menos pessoas, mas vou estar lá.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da separação de Gabriel Medina e Yasmin Brunet?

Obrigado! Seu voto foi enviado.