X

NOTÍCIAS

Publicada em 18/04/2022 às 16:00 | Atualizada em 18/04/2022 às 16:14

Advogado de Cid Moreira rebate acusações feitas pelo filho e dispara: Vai acabar preso

O filho do jornalista fez um pedido de prisão à ele

Da Redação

Divulgação

Muita confusão! Os filhos de Cid Moreira, Roger e Rodrigo Moreira, estão acusando o pai e a madrasta, Maria de Fátima, de homofobia e até trabalho infantil. Segundo o colunista Leo Dias, a defesa do filho adotivo, Roger, protocolou um pedido de prisão ao jornalista, mas o advogado de Cid, Fernando Ayres da Motta, afirmou que a ação foi apenas para gerar tumulto.

- O pedido de prisão foi distribuído no Rio de Janeiro, a sede é em Petrópolis. É tudo com intuito de ir para televisão para polemizar. Vamos dar uma resposta jurídica. Quem vai acabar preso vai ser ele, afirmou o advogado ao colunista.

Para completar, a defesa do ex-apresentador do Jornal Nacional irá mover na Justiça um processo de calúnia, injúria, difamação e denunciação caluniosa e comunicação falsa de crime contra os jovens.

Ayres também rebateu as acusações feitas por Roger e alegou que o filho do jornalista está apenas buscando dinheiro do pai após ele e a mãe perderem o direito à pensão.

- O Roger, além de ser mentiroso, está forçando essa situação para ver se tira algum [dinheiro] do pai.

Ulhiana Naumtchyk, ex-esposa de Cid, perdeu o direito de receber pensão que estava contido na cláusula do casamento dos dois - ela e o filho recebiam 50% de tudo que o jornalista receberia até a morte, mas a cláusula foi revertida.

- O Cid tinha um cláusula na separação dele [com Ulhiana] que o obrigava a pagar 50% de tudo que ele recebesse [à ex-esposa] até ele morrer. Então, eles [Ulhiana e Roger] teriam garantido uma pensão de 50% de tudo aquilo que ele ganhasse. Eu fui constituído na época e entrei com uma declaração para que se considerasse nula essa cláusula. E foi considerada nula, então a ex-mulher e ele [Roger], por extensão, pararam de receber. De lá pra cá, ele está querendo transformar a vida do pai em um inferno. 

O advogado contou que uma das acusações feitas à Maria de Fátima já foi arquivada por falta de provas.

- Nós temos dado resposta a esse rapaz [Roger] e ao irmão dele [Rodrigo Moreira] na Justiça. A queixa crime que eles promoveram contra a Maria de Fátima, o Ministério Público promoveu o arquivamento pela absoluta falta de provas.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você gostou da troca dos horários dos programas Mais Você com o Encontro?

Obrigado! Seu voto foi enviado.