X

NOTÍCIAS

Publicada em 08/04/2024 às 14:35 | Atualizada em 08/04/2024 às 14:39

Angelina Jolie acusa Brad Pitt de novas agressões e representantes do ator alegam: Cortina de fumaça

O ex-casal hollywoodiano se encontra em uma extensa briga na Justiça

Da Redação

Montagem-Divulgação

A briga na Justiça continua! Em novas informações sobre o caso Brad Pitt e Angelina Jolie, que brigam por uma vinícola comprada quando ainda estavam casados, a atriz acusa o ex-marido de novas agressões. Em resposta, o famoso rebate que tais acusações estariam sendo usadas pela antiga companheira como uma cortina de fumaça.

Como você acompanhou aqui no ESTRELANDOde acordo com informações da revista norte-americana People, o astro de cinema não permitirá que a ex-esposa venda sua parte na vinícola francesa Château Miraval, que os atores compraram juntos em 2008, sem assinar um NDA (acordo de não-divulgação), tendo trocado alianças no local em 2014.

A polêmica voltou aos olhos do público quando, no início de abril de 2024, documentos judiciais apresentados pela equipe de Angelina Jolie alegavam que Brad Pitt já cometia abusos antes do incidente durante um voo em 2016, que, para quem não sabe, foi o responsável por levar ao pedido de divórcio.

Apesar do histórico de abusos físicos de Pitt contra Jolie ter começado muito antes da viagem de avião da família em setembro de 2016, da França para Los Angeles, o voo marcou a primeira vez que ele voltou seus abusos físicos para os filhos também. Jolie então o deixou imediatamente, diz o documento.

Agora, em depoimento ao jornal britânico The Santand, uma suposta pessoa próxima a Brad Pitt teria negado a informação:

Este é um padrão de comportamento. Sempre que há uma decisão que vai contra o outro lado, eles optam consistentemente por introduzir informações enganosas, imprecisas e/ou irrelevantes como uma distração. Houve um longo julgamento de custódia que envolveu toda a história de seu relacionamento e um juiz que ouviu todas as evidências ainda lhe concedeu a custódia 50/50, afirma.

Ainda mais, os advogados do astro também alegam que os representantes legais da artista teriam trazido o tópico da violência doméstica para atrapalhar o andamento do processo judicial envolvendo os dois na Justiça da Califórnia. Vale ainda notar que os novos documentos foram noticiados cerca de duas semanas após um juiz determinar a vitória de Angelina Jolie no processo. No entanto, Pitt teria recorrido.

Quando a vitória da atriz foi anunciada, o advogado da ex-esposa de Brad Pitt, ex-casal pais de Maddox, de 22 anos de idade, Pax, de 20 anos, Zahara, de 19, Shiloh, 17, e os gêmeos Knox e Vivienne, de 15 anos de idade cada, ainda comemorou a vitória em entrevista a revista Entertainment Tonight:

O juiz rejeitou a maioria das alegações do Sr. Pitt porque elas não têm base legal. O processo do Sr. Pitt nunca foi sobre uma disputa comercial; em vez disso, é sobre suas tentativas de encobrir abusos graves, e estamos satisfeitos que o juiz tenha rejeitado grande parte das alegações do Sr. Pitt, comemorou Paul Murphy.

A Angelina realmente não nutre má vontade em relação ao Sr. Pitt e espera que ele agora a liberte de seu processo frívolo, pare seus ataques implacáveis e se junte a ela para ajudar sua família a se curar de suas dores em privado, completou.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que agora Bruna Marquezine e João Guilherme assumiram o romance?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Angelina Jolie acusa Brad Pitt de novas agressões e representantes do ator alegam: <i>Cortina de fumaça</i>

Angelina Jolie acusa Brad Pitt de novas agressões e representantes do ator alegam: Cortina de fumaça

15/Jun/

A briga na Justiça continua! Em novas informações sobre o caso Brad Pitt e Angelina Jolie, que brigam por uma vinícola comprada quando ainda estavam casados, a atriz acusa o ex-marido de novas agressões. Em resposta, o famoso rebate que tais acusações estariam sendo usadas pela antiga companheira como uma cortina de fumaça.

Como você acompanhou aqui no ESTRELANDOde acordo com informações da revista norte-americana People, o astro de cinema não permitirá que a ex-esposa venda sua parte na vinícola francesa Château Miraval, que os atores compraram juntos em 2008, sem assinar um NDA (acordo de não-divulgação), tendo trocado alianças no local em 2014.

A polêmica voltou aos olhos do público quando, no início de abril de 2024, documentos judiciais apresentados pela equipe de Angelina Jolie alegavam que Brad Pitt já cometia abusos antes do incidente durante um voo em 2016, que, para quem não sabe, foi o responsável por levar ao pedido de divórcio.

Apesar do histórico de abusos físicos de Pitt contra Jolie ter começado muito antes da viagem de avião da família em setembro de 2016, da França para Los Angeles, o voo marcou a primeira vez que ele voltou seus abusos físicos para os filhos também. Jolie então o deixou imediatamente, diz o documento.

Agora, em depoimento ao jornal britânico The Santand, uma suposta pessoa próxima a Brad Pitt teria negado a informação:

Este é um padrão de comportamento. Sempre que há uma decisão que vai contra o outro lado, eles optam consistentemente por introduzir informações enganosas, imprecisas e/ou irrelevantes como uma distração. Houve um longo julgamento de custódia que envolveu toda a história de seu relacionamento e um juiz que ouviu todas as evidências ainda lhe concedeu a custódia 50/50, afirma.

Ainda mais, os advogados do astro também alegam que os representantes legais da artista teriam trazido o tópico da violência doméstica para atrapalhar o andamento do processo judicial envolvendo os dois na Justiça da Califórnia. Vale ainda notar que os novos documentos foram noticiados cerca de duas semanas após um juiz determinar a vitória de Angelina Jolie no processo. No entanto, Pitt teria recorrido.

Quando a vitória da atriz foi anunciada, o advogado da ex-esposa de Brad Pitt, ex-casal pais de Maddox, de 22 anos de idade, Pax, de 20 anos, Zahara, de 19, Shiloh, 17, e os gêmeos Knox e Vivienne, de 15 anos de idade cada, ainda comemorou a vitória em entrevista a revista Entertainment Tonight:

O juiz rejeitou a maioria das alegações do Sr. Pitt porque elas não têm base legal. O processo do Sr. Pitt nunca foi sobre uma disputa comercial; em vez disso, é sobre suas tentativas de encobrir abusos graves, e estamos satisfeitos que o juiz tenha rejeitado grande parte das alegações do Sr. Pitt, comemorou Paul Murphy.

A Angelina realmente não nutre má vontade em relação ao Sr. Pitt e espera que ele agora a liberte de seu processo frívolo, pare seus ataques implacáveis e se junte a ela para ajudar sua família a se curar de suas dores em privado, completou.