X

NOTÍCIAS

Publicada em 07/05/2024 às 00:00 | Atualizada em 06/05/2024 às 18:06

Relembre os momentos mais marcantes da Madonna no Brasil durante os anos

A cantora acaba de fazer show icônico na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro

Da Redação

AgNews

Após o final de semana marcado por sua presença no Brasil, Madonna deu adeus ao Rio de Janeiro no dia 5 de maio de 2024. A Rainha do Pop esteve no país para o encerramento da The Celebration Tour, que também celebra seus 40 anos de carreira. Reunindo quase dois milhões de pessoas na Praia de Copacabana, a popstar deixou diversos momentos icônicos que ficarão marcados no imaginário dos fãs por muito tempo.

Essa não é a primeira vez que Madonna marca presença daquele jeito em terras brasileiras. Com shows anteriores em 1993, 2008 e 2012, que tal conferir os momentos mais marcantes de cada passagem da celebridade pelo Brasil? O ESTRELANDO fez um compilado dos melhores e te conta tudo!

Show de 1993

Madonna veio ao Brasil pela primeira vez com uma de suas turnês com a The Girlie Show Tour. Na época, realizou dois shows, um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro. A estrela reservou cinco suítes em São Paulo, e na cidade carioca ficou em uma suíte que custava, na época, aproximadamente, doze mil e quinhentos reais.

A chegada da cantora foi no dia 1 de novembro de 1993 para as apresentações que aconteceram no dia 3, em São Paulo, no estádio do Morumbi, e no dia 6, no Rio de Janeiro, no Maracanã. Sua visita foi marcada por festas, histeria dos fãs na porta do hotel e poucas aparições públicas além dos shows

Um dos momentos mais marcantes foi quando Madonna apareceu no palco, em São Paulo, durante a tarde para um rápido ensaio de som e repetiu algumas palavras em português, como bunda suja - dita por adorar o som da palavra bunda, criou uma rima com o termo, repetido nos dois shows. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a famosa também teria repetido a a palavra bu**** 31 vezes e f*ck 21 vezes. O veículo ainda relata que a cantora pediu que a mostrassem como os brasileiros gesticulavam o ato de f**er. 

Os fãs ainda relatam que Madonna teria ficado empolgada com todo o entusiasmo por ela. Assim, decidiu se enrolar na bandeira do Brasil, perguntando o significado de ordem e progresso, escrito na bandeira, e afirmando ter gostado disso quando traduziram a inscrição para o inglês.

Show de 2008

A primeira apresentação no Brasil de 2008, novamente no Maracanã, no Rio de Janeiro, foi marcado por uma forte chuva, que resultou até em um escorregão da cantora no imenso palco molhado. Sem se abalar, continuou a apresentação de forma descontraída e interagindo com o público. Madonna chegou até a descer à área próxima aos fãs para cantar com eles, algo que não havia feito antes na turnê. No segundo show, realizado em São Paulo, apenas quatro dias depois, a celebridade surpreendeu ao vestir uma camisa 10 da Seleção Brasileira. O figurino, um presente do governador do estado, Sérgio Cabral, era personalizado com o nome Madonna nas costas.

Para quem não sabe, esse foi o ano pontapé da relação de Madonna com o modelo e DJ brasileiro Jesus Luz. Os dois se conheceram durante um ensaio fotográfico para a W Magazine e penduraram uma relação até 2010. Atualmente em relacionamento com o treinador de boxe Josh Popper, Madonna teria tido um desentendimento com Jesus Luz, segundo o próprio, dias antes de sua vinda para o Brasil, em 2024.

No entanto, vale notar que a norte-americana pareceu não ter agradado todo mundo durante sua vinda de 2008. Recentemente, os internautas resgataram a entrevista da cantora Wanessa Camargo para a Blogueirinha, onde a famosa detalhou como foi seu encontro com a Rainha do Pop. A ex-BBB contou que não conseguiu ter uma troca de experiência com a cantora e que se sentiu intimidada com sua atitude. 

- Eu continuo sendo fã da Madonna, [mas] ela foi uma [pessoa] que eu não gostei muito de conhecer, revelou Wanessa.

A filha de Zezé Di Camargo ainda detalhou ainda que foi Jesus Luz que apresentou ela e seu ex-marido, Marcos Buaiz, à artista: 

- Ela foi esquisita. Eu conheci Beyoncé, eu conheci Mariah… Todas eu consegui ter uma troca real, conversar. A Madonna, eu fui até ela, o namorado dela da época que nos apresentou, Jesus Luz. Aliás, até hoje agradeço Jesus por ter feito isso. Ela fez assim… Ela olha você de baixo pra cima, ela te dá uma fitada. Aí eu já travei, eu queria ter falado coisas. Aí ela: Hi, nice to meet you [oi, prazer em te conhecer]. E eu: Hi, nice to meet you. E se virou, afirmou.

Ao finalizar, Wanessa declarou ainda que queria ter conversado um pouco mais com Madonna, mas não teve a oportunidade de dizer o quanto a artista a inspirou: 

- Eu queria falar: obrigada por me inspirar a vida inteira. Eu queria falar coisas para ela, porque eu fiz isso com a Mariah e ela foi bonitinha. Ela falou: You’re so cute [Você é tão fofa].


Show de 2012

Além de novamente marcar presença na cidade carioca e na paulista, decidiu incluir uma nova no roteiro: Porto Alegre. Dessa vez, os espectadores compararam o show da cantora a um espetáculo da Broadway, já que a presença de cenários gigantescos no palco, dançarinos e telões brilhantes chamou atenção dos fãs.

Assim como em sua vinda em 1993, Madonna também cativou os fãs ao falar diversas frases em português. Antes de começar a cantar Turn Up the Radio, a norte-americana provocou:

- Está prontos?

Já durante a apresentação de Human Nature, parte da plateia gritou periguete. Em resposta, Madonna disse: 

- Eu sou uma periguete? Bem, então quero dedicar a próxima música a todas as periguetes do mundo. Uma periguete inspira outras periguetes, brincou. 

A tiração continuou na música seguinte, Like a Virgin, quando a Rainha do Pop, após tirar parte de seu figurino, revelou uma grande tatuagem em suas costas com o termo periguete, o que provocou ainda mais risadas entre o público.

Show de 2024

Encerrando sua The Celebration Tour com chave de ouro, Madonna deixou uma marca inesquecível no coração do Rio de Janeiro ao performar um icônico show grátis em Copacabana. Com sete atos repletos de energia, a apresentação foi muito além do que era esperado, surpreendendo os fãs com novas músicas, uma dose de samba e participações especiais.

Entre os momentos mais marcantes da apresentação, tivemos a performance de La Isla Bonita, onde Madonna contou com a participação de vinte ritmistas jovens de escolas de samba. Seguida por Music, tivemos o ápice do show ao lado da cantora Pabllo Vittar, onde ambas apareceram vestidas de verde e amarelo. Nos telões, foram exibidas imagens de figuras como Paulo Freire, a jogadora Marta, Marielle Franco, Mano Brown, e muitos outros.

Madonna sempre foi conhecida por usar de sua plataforma para trazer atenção a assuntos importantes e, muitas vezes, negligenciados pela sociedade, e desta vez não foi diferente. A cantora escolheu Live to Tell para homenagear as vítimas da AIDS no Brasil e no mundo. Visivelmente emocionada, a cantora chegou às lágrimas durante a apresentação, enquanto imagens de artista brasileiros como Renato Russo e Cazuza passavam nos telões.

Como tradição, a cantora ainda repetiu termos brasileiros que parecem não sair de sua mente.

A participação especial de Anitta também causou furor! Ao lado de Madonna, a brasileira simulou uma cena em que ambas recebiam sexo oral no palco. A cena foi durante a apresentação da música Vogue, onde a norte-americana chamou Anitta e as duas começaram a dar notas para os modelos que se apresentavam. 

Marcando mais um segmento icônico do show, a norte-americana trouxe quatro de seus seis filhos ao Brasil para participações especiais. David Banda, de 18 anos de idade, representou Prince, tocando guitarra em Like a Prayer e violão em La Isla Bonita. Mercy, também com 18 anos de idade, mostrou seu talento ao piano com Bad Girl, do álbum Erotica. A jovem Stella, de apenas 11 anos de idade, cativou o público como DJ e participou do desfile de bailarinos. 

Por fim, Madonna também fez uma homenagem aos anos 1980 e ao astro Michael Jackson, que morreu em 2009. Enquanto fotos dos dois eram exibidas aos fundos, as sombras de bailarinos caracterizados como eles dançavam ao som de um mashup de Billie Jean, de Michael, e Like a Virgin, sucesso da própria popstar.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Bruna Biancardi e Neymar Jr. retomaram o relacionamento?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Relembre os momentos mais marcantes da Madonna no Brasil durante os anos

Relembre os momentos mais marcantes da Madonna no Brasil durante os anos

22/Jun/

Após o final de semana marcado por sua presença no Brasil, Madonna deu adeus ao Rio de Janeiro no dia 5 de maio de 2024. A Rainha do Pop esteve no país para o encerramento da The Celebration Tour, que também celebra seus 40 anos de carreira. Reunindo quase dois milhões de pessoas na Praia de Copacabana, a popstar deixou diversos momentos icônicos que ficarão marcados no imaginário dos fãs por muito tempo.

Essa não é a primeira vez que Madonna marca presença daquele jeito em terras brasileiras. Com shows anteriores em 1993, 2008 e 2012, que tal conferir os momentos mais marcantes de cada passagem da celebridade pelo Brasil? O ESTRELANDO fez um compilado dos melhores e te conta tudo!

Show de 1993

Madonna veio ao Brasil pela primeira vez com uma de suas turnês com a The Girlie Show Tour. Na época, realizou dois shows, um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro. A estrela reservou cinco suítes em São Paulo, e na cidade carioca ficou em uma suíte que custava, na época, aproximadamente, doze mil e quinhentos reais.

A chegada da cantora foi no dia 1 de novembro de 1993 para as apresentações que aconteceram no dia 3, em São Paulo, no estádio do Morumbi, e no dia 6, no Rio de Janeiro, no Maracanã. Sua visita foi marcada por festas, histeria dos fãs na porta do hotel e poucas aparições públicas além dos shows

Um dos momentos mais marcantes foi quando Madonna apareceu no palco, em São Paulo, durante a tarde para um rápido ensaio de som e repetiu algumas palavras em português, como bunda suja - dita por adorar o som da palavra bunda, criou uma rima com o termo, repetido nos dois shows. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a famosa também teria repetido a a palavra bu**** 31 vezes e f*ck 21 vezes. O veículo ainda relata que a cantora pediu que a mostrassem como os brasileiros gesticulavam o ato de f**er. 

Os fãs ainda relatam que Madonna teria ficado empolgada com todo o entusiasmo por ela. Assim, decidiu se enrolar na bandeira do Brasil, perguntando o significado de ordem e progresso, escrito na bandeira, e afirmando ter gostado disso quando traduziram a inscrição para o inglês.

Show de 2008

A primeira apresentação no Brasil de 2008, novamente no Maracanã, no Rio de Janeiro, foi marcado por uma forte chuva, que resultou até em um escorregão da cantora no imenso palco molhado. Sem se abalar, continuou a apresentação de forma descontraída e interagindo com o público. Madonna chegou até a descer à área próxima aos fãs para cantar com eles, algo que não havia feito antes na turnê. No segundo show, realizado em São Paulo, apenas quatro dias depois, a celebridade surpreendeu ao vestir uma camisa 10 da Seleção Brasileira. O figurino, um presente do governador do estado, Sérgio Cabral, era personalizado com o nome Madonna nas costas.

Para quem não sabe, esse foi o ano pontapé da relação de Madonna com o modelo e DJ brasileiro Jesus Luz. Os dois se conheceram durante um ensaio fotográfico para a W Magazine e penduraram uma relação até 2010. Atualmente em relacionamento com o treinador de boxe Josh Popper, Madonna teria tido um desentendimento com Jesus Luz, segundo o próprio, dias antes de sua vinda para o Brasil, em 2024.

No entanto, vale notar que a norte-americana pareceu não ter agradado todo mundo durante sua vinda de 2008. Recentemente, os internautas resgataram a entrevista da cantora Wanessa Camargo para a Blogueirinha, onde a famosa detalhou como foi seu encontro com a Rainha do Pop. A ex-BBB contou que não conseguiu ter uma troca de experiência com a cantora e que se sentiu intimidada com sua atitude. 

- Eu continuo sendo fã da Madonna, [mas] ela foi uma [pessoa] que eu não gostei muito de conhecer, revelou Wanessa.

A filha de Zezé Di Camargo ainda detalhou ainda que foi Jesus Luz que apresentou ela e seu ex-marido, Marcos Buaiz, à artista: 

- Ela foi esquisita. Eu conheci Beyoncé, eu conheci Mariah… Todas eu consegui ter uma troca real, conversar. A Madonna, eu fui até ela, o namorado dela da época que nos apresentou, Jesus Luz. Aliás, até hoje agradeço Jesus por ter feito isso. Ela fez assim… Ela olha você de baixo pra cima, ela te dá uma fitada. Aí eu já travei, eu queria ter falado coisas. Aí ela: Hi, nice to meet you [oi, prazer em te conhecer]. E eu: Hi, nice to meet you. E se virou, afirmou.

Ao finalizar, Wanessa declarou ainda que queria ter conversado um pouco mais com Madonna, mas não teve a oportunidade de dizer o quanto a artista a inspirou: 

- Eu queria falar: obrigada por me inspirar a vida inteira. Eu queria falar coisas para ela, porque eu fiz isso com a Mariah e ela foi bonitinha. Ela falou: You’re so cute [Você é tão fofa].


Show de 2012

Além de novamente marcar presença na cidade carioca e na paulista, decidiu incluir uma nova no roteiro: Porto Alegre. Dessa vez, os espectadores compararam o show da cantora a um espetáculo da Broadway, já que a presença de cenários gigantescos no palco, dançarinos e telões brilhantes chamou atenção dos fãs.

Assim como em sua vinda em 1993, Madonna também cativou os fãs ao falar diversas frases em português. Antes de começar a cantar Turn Up the Radio, a norte-americana provocou:

- Está prontos?

Já durante a apresentação de Human Nature, parte da plateia gritou periguete. Em resposta, Madonna disse: 

- Eu sou uma periguete? Bem, então quero dedicar a próxima música a todas as periguetes do mundo. Uma periguete inspira outras periguetes, brincou. 

A tiração continuou na música seguinte, Like a Virgin, quando a Rainha do Pop, após tirar parte de seu figurino, revelou uma grande tatuagem em suas costas com o termo periguete, o que provocou ainda mais risadas entre o público.

Show de 2024

Encerrando sua The Celebration Tour com chave de ouro, Madonna deixou uma marca inesquecível no coração do Rio de Janeiro ao performar um icônico show grátis em Copacabana. Com sete atos repletos de energia, a apresentação foi muito além do que era esperado, surpreendendo os fãs com novas músicas, uma dose de samba e participações especiais.

Entre os momentos mais marcantes da apresentação, tivemos a performance de La Isla Bonita, onde Madonna contou com a participação de vinte ritmistas jovens de escolas de samba. Seguida por Music, tivemos o ápice do show ao lado da cantora Pabllo Vittar, onde ambas apareceram vestidas de verde e amarelo. Nos telões, foram exibidas imagens de figuras como Paulo Freire, a jogadora Marta, Marielle Franco, Mano Brown, e muitos outros.

Madonna sempre foi conhecida por usar de sua plataforma para trazer atenção a assuntos importantes e, muitas vezes, negligenciados pela sociedade, e desta vez não foi diferente. A cantora escolheu Live to Tell para homenagear as vítimas da AIDS no Brasil e no mundo. Visivelmente emocionada, a cantora chegou às lágrimas durante a apresentação, enquanto imagens de artista brasileiros como Renato Russo e Cazuza passavam nos telões.

Como tradição, a cantora ainda repetiu termos brasileiros que parecem não sair de sua mente.

A participação especial de Anitta também causou furor! Ao lado de Madonna, a brasileira simulou uma cena em que ambas recebiam sexo oral no palco. A cena foi durante a apresentação da música Vogue, onde a norte-americana chamou Anitta e as duas começaram a dar notas para os modelos que se apresentavam. 

Marcando mais um segmento icônico do show, a norte-americana trouxe quatro de seus seis filhos ao Brasil para participações especiais. David Banda, de 18 anos de idade, representou Prince, tocando guitarra em Like a Prayer e violão em La Isla Bonita. Mercy, também com 18 anos de idade, mostrou seu talento ao piano com Bad Girl, do álbum Erotica. A jovem Stella, de apenas 11 anos de idade, cativou o público como DJ e participou do desfile de bailarinos. 

Por fim, Madonna também fez uma homenagem aos anos 1980 e ao astro Michael Jackson, que morreu em 2009. Enquanto fotos dos dois eram exibidas aos fundos, as sombras de bailarinos caracterizados como eles dançavam ao som de um mashup de Billie Jean, de Michael, e Like a Virgin, sucesso da própria popstar.