X

NOTÍCIAS

Publicada em 03/10/2019 às 13:27 | Atualizada em 03/10/2019 às 14:05

Apresentador expõe cena em que Joaquin Phoenix discute com cinegrafista e ator se incomoda: - Isso é tão vergonhoso

Phoenix foi ao programa Jimmy Kimmel Live para promover o seu mais novo filme, Coringa

Da Redação

Divulgação

Joaquin Phoenix foi ao programa Jimmy Kimmel Live na última quarta-feira, dia 2, para promover o seu mais novo filme, Coringa! E na entrevista, o ator falou sobre a sua experiência de ter perdido 23 quilos para viver o personagem, considerado um dos melhores vilões do universo da DC Comics:

- É difícil às vezes, mas também tem algo muito poderoso sobre isso. Ter esse controle sobre você mesmo... No começo você está exausto. Você olha para uma escada e toma 30 segundos para se convencer a subir. Tipo Eu consigo, eu sei que consigo. Mas, uma vez que você atinge a sua meta de peso, eu não sei o que acontece. É incrível, você de repente se sente energizado e animado. 

Phoenix contou que acabou abrindo mão de certas coisas para atingir a sua meta: 

- É difícil porque você não pode assistir TV. Porque se aparece um comercial de comida, você fica F***-se isso. Você não socializa, porque percebe que comida e bebida envolvem todas as atividades sociais. Se você não tem isso, você não tem o quê fazer. Você não quer conversar com alguém, né? É a pior coisa.

E ainda compartilhou a sua coisa favorita sobre o longa:

- Acho que o divertido desse filme é que te deixa especulando. Você não sabe o que esperar. Então não quero arruinar isso para ninguém. Minha irmã e toda a minha família foram para a première. E minha irmã entrou em uma grande discussão sobre o quê era o filme, o quê significava, o que era real, o que não era. E foi muito divertido ver isso, acho que ela ficou bem empenhada, diferente de outros filmes que eu fiz. 

Entretanto, o tom descontraído da entrevista mudou rapidamente após um vídeo exibido pelo apresentador, Jimmy Kimmel. Nele, Phoenix aparece discutindo com um cinegrafista, chamado Larry, porque ele ficava sussurrando demais no set de filmagens, atrapalhando a concentração do ator. O cinegrafista chegou a chamar Phoenix de diva, e o artista disse que isso não era uma ofensa, já que Cher, por exemplo, era uma diva. De volta ao estúdio, o ator mal sabia o que dizer e se desculpou várias vezes com o público e com o próprio Larry:

- Larry é um cinegrafista... isso é tão vergonhoso. Às vezes os filmes ficam intensos, porque são muitas pessoas em um espaço pequeno e você está tentando encontrar algo. Isso era pessoal, particular. Desculpe por isso. Desculpe por vocês terem visto isso. Não é culpa do Larry. Queria me desculpar publicamente com o Larry. Eu sinto muito, mas ele realmente sussurrava demais enquanto trabalhávamos. Às vezes era difícil porque eu estava tentando encontrar as emoções certas. Foi errado de minha parte, mas ele também não deveria ter feito isso. 

Assista ao vídeo abaixo:


Aproveite e confira, a seguir, tudo o que você precisa saber sobre Coringa:


Coringa estreia nesta quinta-feira, dia 3, um dia antes da estreia oficial nos Estados Unidos. Depois conta para a gente o que achou, tá?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual menininha nasce primeiro: a filha de Tatá Werneck ou de Fernanda Lima?

Obrigado! Seu voto foi enviado.