X

NOTÍCIAS

Publicada em 11/08/2020 às 15:39 | Atualizada em 11/08/2020 às 15:49

Rita Lee terá texto na biografia de Xuxa Meneghel, que leu em primeira mão: Quis o destino que se tornasse deusa superstar

Xuxa respondeu com carinho ao texto de Rita

Da Redação

Montagem-Divulgação

Xuxa Meneghel é fã de Rita Lee - e a cantora que marcou época teve um privilégio por causa disso: leu em primeira mão a biografia Memórias, que conta a história da loira e deve chegar às livrarias em setembro de 2020. 

E ainda escreveu um texto incrível para a orelha da publicação:

Ler as memórias de Xuxa é como assistir a um filme sobre uma atriz hollywoodiana que começou ralando na vida e quis o destino que se tornasse uma deusa superstar. Conhecendo os pormenores de suas aventuras, que, aliás, escreve com coragem e honestidade, entendo melhor essa mulher estonteantemente bela e os momentos nem sempre fáceis pelos quais passou. Certeza de que foi aquele seu eterno sorriso iluminado — e por vezes ingênuo — que venceu as chatices dos humanos e a tornou a figura mais apaixonante do Patropi. 

Me emociona o amor incondicional que ela sente pela causa dos animais e, é claro, pelos baixinhos, que viam nela uma fada colorida que os transportava a um mundo mágico onde só ela era capaz de lhes proporcionar aventuras inesquecíveis. Meus filhos não desgrudavam da TV quando lá ela estava, toda fantasiada naquele palco empetecado de surpresas… Sim, meus meninos tinham uma paixonite por ela e pelas Paquitas. 

E, cá pra nós, precisa ter um rosto bonito demais para raspar a cabeça aos cinquenta e poucos anos e continuar com aquela mesma carinha sorridente de criança iluminada. Sinta-se abençoada por zilhões de fãs do mundo inteiro por ser quem você é: the one and only Xuxa.

E Xuxa respondeu! A loira mostrou que a admiração é mútua:

Eu só sei cantar as músicas da Rita, desde a época em que nunca me imaginei cantando. Aliás, falando nisso, foi Roberto Menescal que fez meu primeiro disco. Lembro que ele me pediu para cantar uma música, antes das gravações, só para ouvir minha voz e meu tom. E adivinha? Rita! Cantei Ovelha Negra. Não me considero cantora, longe disso, e nunca fui de ficar cantando, mas, até hoje, se tem uma roda de violão só me arrisco a cantarolar as músicas dela, da Rita! Sempre tive mais do que admiração por Rita, não sabia bem o porquê. Não pensava muito nisso. Hoje, eu sei: é porque ela sempre esteve à frente do tempo, de tudo e de todos e... linda! Hoje, para além do seu enorme talento, reconheço seu coração. Sou fã e pronto. Por isso, ler o que a Rita escreveu foi um abraço no coração e na alma. É ter a certeza de que nessa escolha eu não errei: ela era, é e sempre será meu ídolo.... E agora da Sasha também. E certeza de que será dos meus netos e por aí vai...

Imagina se o livro vira filme? Confira, abaixo, 23 das maiores cinebiografias já feitas!


O lutador peso-médio Jake LaMotta, conhecido como o touro do Bronx, também ganhou uma cinebiografia de qualidade. Sua subida na carreira, enquanto a vida particular se degrada graças ao seu temperamento violento e possessivo, é perfeitamente retratada por Robert De Niro.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você está achando da participação de Biel em A Fazenda 12?

Obrigado! Seu voto foi enviado.