X

NOTÍCIAS

Publicada em 09/11/2021 às 14:45 | Atualizada em 09/11/2021 às 14:46

Leonardo DiCaprio vai interpretar líder de seita que levou 900 pessoas ao suicídio; entenda

Jim Jones ficou conhecido por ser a mente por trás do massacre de Jonestown

Da Redação

The Grosby Group

Leonardo DiCaprio estará de volta às telas do cinema na pele de Jim Jones, líder de seita que levou cerca de 900 pessoas a cometer suicídio na década de 70. O evento ficou conhecido como massacre de Jonestown.

Segundo o Hollywood Reporter, o filme ainda não tem diretor, mas o roteirista será Scott Rosenberg. Além de protagonizar a trama, DiCaprio irá mostrar todo seu talento na produção do longa. 

Entenda o contexto

Jim Jones ficou marcado na história por ser o líder da seita Templo dos Povos, que ficava em Jonestown - nome usado para identificar o espaço onde a sede era localizada. Na realidade, apesar de ser uma seita estadunidense, tudo acontecia no noroeste de Guiana.

Jones começou a reunir seus apoiadores em 1950. Em 1978, ele tinha mais de 900 seguidores, sendo 300 deles crianças. Em uma noite, todos foram forçados a cometer suicídio coletivo e ingerir cianeto. 

O líder teria morrido não muito tempo depois com um tiro na cabeça, também visto como suicídio. 

O filme ainda não tem previsão para começar a ser filmado. 

A seguir, confira as dez cenas mais marcantes de Leonardo DiCaprio!


Quando tinha apenas 19 anos de idade, Leo chamou a atenção por sua atuação em Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhador, em que vive Arnie, um menino com problemas mentais. Sua atuação rendeu uma indicação ao Oscar e, dentre tantas cenas marcantes, uma que todo mundo sempre cita é uma briga bem física que Arnie teve com Gilbert.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da possível nova traição de Arthur Aguiar?

Obrigado! Seu voto foi enviado.