X

FOTOS

Publicada em 06/01/2016 às 14:26 | Atualizada em 06/01/2016 às 15:40

Diretor de Malhação rebate acusações da mãe de Cazuza

Mãe de Cazuza e autor da novela teen da Globo, Emanuel Jacobina, continuam discordando sobre a cena de HIV de Malhação

Da Redação

X
X
Divulgação-TV Globo

Não é novidade que a mãe do eterno Cazuza, Lucinha Araújo, não concorda como a nova temporada de Malhação, da Globo, está representando o vírus do HIV na telinha. 

A controvérsia começou com a cena em que o personagem soropositivo Henrique, interpretado por Thales Cavalcanti, dá um encontrão em Luciana, vivida por Marina Moschen, em um jogo de basquete e a médica, devido ao sangramento, recomenda que Luciana tome o coquetel antirretroviral.   

Em entrevista para o jornal Extra, Emanuel Jacobina, o autor da novela, se defende das acusações de Lucinha, dizendo que sabe que o tema é bem polêmico e que já tratou do mesmo assunto na sexta temporada de Malhação.  

O fato é que não existe consenso entre os médicos para os casos em que há necessidade do coquetel. É uma discussão em andamento no meio.    

O novelista ainda revela que terão muitas outras sequências tratando do assunto e que uma nova cena foi incluída nos próximos capítulos da novela para discutir o uso do coquetel antirretroviral.  

Lucinha, ainda em entrevista para o jornal Extra, diz que sua ONG, a Sociedade Viva Cazuza,foi consultada sobre a cena polêmica e não aprovou a decisão do novelista de mantê-la.  

- Meu dever é lutar contra o preconceito e ensinar as coisas certas.  

Será que os capítulos seguintes da novela acalmarão os nervos de Lucinha ou ainda ouviremos mais sobre o tema?O jeito é ficar ligado em Malhação!  

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Retrospectiva: qual famosa você acha que bombou mais em 2020?

Obrigado! Seu voto foi enviado.