X

FOTOS

Publicada em 23/01/2019 às 14:29 | Atualizada em 23/01/2019 às 14:55

Após acidente, Rainha Elizabeth II pode impedir Príncipe Philip de dirigir

Pode ser, entretanto, que o marido não respeite a decisão

Da Redação

A Rainha Elizabeth II e o Príncipe Philip possuem 71 anos de casados. Nesse meio tempo, obviamente, os dois passaram por muitos altos e baixos. Mas, segundo informações do site norte-americano People, uma coisa nunca mudou: a paixão de príncipe por carros velozes.

Ele comprou um novo carro esportivo em agosto de 1947, três meses antes de se casarem. Ele sempre dirigiu muito rápido, e ela odeia, mas ele sempre disse 'Se você não gosta, você pode sair do carro', contou Ingrid Seward, autor do livro My Husband and I, que explora o matrimônio do casal real. 

Certa vez, a própria rainha chegou a escrever uma carta, leiloada em 2016, para a autora Betty Shew. Nesse raro pronunciamento, Elizabeth disse o seguinte:

Philip gosta de dirigir e faz isso rápido! Ele tem seu próprio minúsculo MG que ele tem muito orgulho de ter me levado nele até Londres, o que foi muito divertido, só que foi como estar sentada na própria estrada, e as rodas são quase tão altas quanto a cabeça de alguém. 

Com toda essa relação de Philip com os carros, será que ele deixará de dirigir após o acidente grave que sofreu na última quinta-feira, dia 17?

- Tenho certeza que ela [Rainha Elizabeth II] dirá para que ele pare de dirigir agora. Ele ouvirá - mas se ele vai realmente respeitar isso, eu não sei, analisa Seward. 

Lembrando que o príncipe tem 97 anos de idade e que passa por avaliações a cada três anos para renovar sua carteira de motorista, de acordo com as leis da Inglaterra. O acidente, que felizmente não deixou nenhum morto, ainda agilizou a aprovação de leis que diminuem a velocidade máxima nas estradas da região. 


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Nenhuma Enquete encontrada