X

FOTOS

Publicada em 20/02/2019 às 08:35 | Atualizada em 13/05/2019 às 06:48

Documentário que acusa Michael Jackson de abuso sexual ganha trailer, assista!

No vídeo, as supostas vítimas dão depoimentos a respeito de quando se mudaram para a casa do cantor

Da Redação

O tempo pode passar, mas o nome de Michael Jackson continua nos holofotes. Foi divulgado na última terça-feira, dia 19, o trailer oficial de Leaving Neverland, polêmico documentário sobre a vida do cantor que aborda alegações de abusos sexuais cometidos por ele

O vídeo, que foi compartilhado no canal oficial da HBO, mostra relatos de suas supostas vítimas, dois homens adultos chamados Wade Robson e James Safechuck que se mudaram para Neverland, residência icônica do cantor, com suas famílias quando eles ainda eram crianças. 

A sinopse oficial do filme descreve que, no auge de seu estrelato, Michael começou relacionamentos duradouros com os dois garotos, que na época tinham sete e dez anos de idade, e que, agora com 30 anos, resolveram contar a história de como foram abusados sexualmente por Jackson e como eles chegaram a um acordo anos depois.

- Os dias eram preenchidos com experiências mágicas da infância, víamos filmes, comíamos doces e chocolates, conta Wade.

Entretanto, de acordo com o vídeo, os dias mágicos se tornaram caso de polícia.

- Ele me disse que se alguém descobrisse o que estávamos fazendo, nós iríamos para a cadeira para o resto de nossas vidas. Eu queria poder falar a verdade tão alto quanto eu tive que mentir por tanto tempo.

Confira o trailer, com legenda em inglês, a seguir:


Veja também outras polêmicas sobre a Michael Jackson e sua família.


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você ficou triste ao saber que Chaves não será mais exibido na TV?

Obrigado! Seu voto foi enviado.