X

FOTOS

Publicada em 01/04/2020 às 17:18 | Atualizada em 01/04/2020 às 17:25

Angelina Jolie fala sobre pandemia e diz que filho mais velho, Maddox, voltará para a Coreia do Sul assim que as coisas se acalmarem

As aulas de Maddox, em universidade sul-coreana, estão suspensas

Da Redação

Angelina Jolie está sendo positiva sobre o retorno de seu filho mais velho, Maddox, que está com a família em Los Angeles, para a Universidade de Yonsei, em Seul, na Coreia do Sul. Segundo a People, nessa quarta-feira, dia 1º, a atriz falou sobre seus planos futuros e, também, os do filho para a DongA Daily, veículo da Coreia do Sul:

- Eu não poderia estar mais feliz pela universidade escolhida por Mad. Ela está fechada por causa da pandemia, mas ele não irá transferir para nenhuma outra instituição. Ele voltará para a Coreia do Sul assim que as coisas se acalmarem. Nós estamos tão felizes, como um família, por ter a oportunidade de saber mais sobre a Coreia do Sul através de Maddox e durante os estudos dele.

Angelina comentou, também, sobre o impacto que as aulas paradas podem causar ao redor do mundo:

- Estar fora da escola repentinamente e perder um certo contato com amigos é difícil para todo mundo. Mas, em alguns países, se uma pessoa jovem tem o ensino interrompido dessa maneira, ela, provavelmente, nunca mais terá a oportunidade de estudar, porque ela terá que trabalhar ou lidar com outras responsabilidades.

A vencedora do Oscar acrescentou que é uma necessidade urgente ajudar que os jovens consigam continuar tendo acesso a educação, através do ensino a distância:

- Essa é minha preocupação principal e eu estou trabalhando com a UNESCO para tentar amenizar esse problema.

A ativista pontuou, também, que muitas crianças dependem da escola para ter suas refeições e que, recentemente, doou um milhão de dólares, aproximadamente cinco milhões reais, para a instituição americana No Kid Hungry. Além disso, Jolie tem procurado adicionar mais conteúdo educacional em seu programa da BBC, My World [Meu Mundo, em tradução livre]:

- As crianças não ficaram fora da escola, nessa proporção, desde a Segunda Guerra Mundial. Isso é uma coisa que elas vão se lembrar (...) Nós queremos ajudar as crianças a terem acesso a conteúdos úteis durante a pandemia: ajudando-os a procurar notícias confiáveis e baseadas em fatos, questionar as informações que recebem e aprender com as experiências uns dos outros.

Por fim, a atriz disse que é importante que o governo de todos os países se preocupem não só em proteger seus cidadãos como também os refugiados e comunidades que podem ser devastadas por conta da Covid-19.

Abaixo, relembre a visita que Angelina Jolie fez para refugiados no Afeganistão:


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual polêmica envolvendo casais famosos mais te surpreendeu?

Obrigado! Seu voto foi enviado.