X

FOTOS

Publicada em 05/12/2020 às 12:10 | Atualizada em 05/12/2020 às 12:15

Fábio Assunção abre o coração sobre mudanças em sua vida e dispara sobre álcool: - É a droga mais pesada que conheci

O ator ainda falou sobre ter sido diagnosticado com coronavírus recentemente

Da Redação

X
X
Divulgação

Fábio Assunção foi escolhido como a Personalidade do Ano no prêmio Men of the Year 2020, realizado anualmente pela revista GQ. Em entrevista para a publicação, o ator, que será pai pela terceira vez, abriu o coração sobre as mudanças recentes em seu estilo de vida e relembrou o vício em álcool.

No início de 2019, Fábio foi tema de uma música que fazia referência a sua dependência química, e em acordo com os autores, foi decidido que a renda dos direitos autorais fosse doado para instituições. O dinheiro arrecadado, cerca de 50 mil reais, foi doado para o projeto É de Lei, uma organização que atua na promoção da redução de riscos e danos, sociais e à saúde, associados ao uso de drogas. Relembrando o caso, ele contou que foi seu filho mais velho, João, de 17 anos de idade, quem contou para ele sobre o hit:

- Tudo indicava que deveríamos ir para um litígio, mas preferi o diálogo. Eles me disseram que era uma homenagem. Eu agradeci, mas expliquei que ridicularizar uma doença não tem graça, que não se pode glamourizar um assunto tão sério para muita gente. Sugeri que a renda dos direitos autorais fosse doada. Este ano, ganhamos 50 mil reais.(...) Quem me falou pela primeira vez sobre a música foi o João, meu filho. Ele me emociona.

O ator também relembrou o vício em álcool e contou como está vivendo sem beber:

- Eu não acordava bebendo, nunca bebi no trabalho, mas achei em um determinado momento que o álcool podia ser uma alternativa mais leve, mas é a droga mais pesada que conheci. Muita coisa acontece: acidente, violência doméstica, agressão verbal, arrogância. Tem gente que tem sabedoria para beber, mas tem uma parcela de 14 a 16% da população mundial que não sabe parar. E eu disse sim ao não. Passei a ter mais paciência com os meus erros. Se a angústia vem, eu escuto uma música, deixo passar. No passado, eu certamente beberia. Estou a cada dia mais distante das coisas que me perturbavam, sem beber há sete meses.

Fábio continua chamando atenção por suas mudanças no estilo de vida, mas revelou que a virada de chave veio por causa da preparação para um novo papel na série Fim, inspirada no livro de Fernanda Torres. As gravações tiveram que ser interrompidas, mas ele não parou com as atividades físicas e alimentação regrada:

- Com disciplina e um time incrível, perdi 27 quilos em 13 meses. Mas isso é só um número. O que mais me interessa é o ensinamento: renunciar ao que não preciso, aos excessos. Muito mais do que uma barriga trincada, o exercício dá musculatura ao pensamento. No jiu-jitsu você usa a força de quem te ataca contra a pessoa. No boxe, a chave é o tempo. Em algumas lutas da vida precisamos entender o timing certo para enfrentá-las.

Mesmo com todos os cuidados e os trabalhos parados, Assunção também foi um dos famosos contaminados com o novo coronavírus, e opinou:

- Mesmo me protegendo, peguei. Essa pandemia me trouxe forte a visão do coletivo. Desde o início me posicionei a favor das determinações da OMS, isso é civilidade.

A seguir, veja um ano a ano do ator e veja como ele mudou com o passar do tempo:

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Mais de um ano depois, você aprova a saída de Meghan Markle e príncipe Harry da família real?

Obrigado! Seu voto foi enviado.