X

NOTÍCIAS

Publicada em 19/02/2017 às 14:30 | Atualizada em 22/02/2017 às 06:04

Hugh Jackman se despede de Wolverine no emocionante Logan, mas afirma: - Isso nunca vai deixar de fazer parte de mim

Após 17 anos interpretando o herói, o astro se sente satisfeito e aliviado ao encerrar com sucesso a saga

Luiza Aloi

AgNews

Hugh Jackman não está no Brasil só para promover Logan, seu mais novo filme. É algo maior do que isso. O astro veio ao país para encerrar, de uma vez por todas, a saga de viver o Wolverine nos cinemas, um dos personagens inspirados nos quadrinhos X-Men, que apareceu em ao menos dez filmes solo ou da franquia. Em conversa com os jornalistas nesse domingo, dia 19, o astro iniciou após 17 anos as despedidas daquele que talvez seja o papel mais importante de sua carreira.

Simpático, esbanjando charme e até arriscando palavras em português, o ator mostrou que aos 48 anos de idade ainda surpreende pela boa forma física, além de indicar que realmente seu personagem no filme foi envelhecido propositalmente. Para iniciar seu papo com a imprensa, após elogiar muito o Brasil e agradecer o público por manter a chama X-Men viva, Hugh relembrou de forma divertida como o Wolverine entrou em sua vida:

- A primeira vez que eu ouvir falar sobre isso eu não fiz teste. Estavam fazendo uma busca mundial por todos os personagens e eu nunca tinha ouvido falar nos X-Men. Tinha uma banda de rock em Sidney (Austrália) chamada The Uncanny X-Men e eu fiquei tipo, Eles querem que eu interprete o vocalista da banda?!

Depois, quando recebeu o roteiro, leu suas páginas com a esposa, a também atriz Deborra-Lee Furness, que aconselhou o marido a não aceitar o papel, principalmente após ler a descrição do Wolverine: um homem que sente o cheiro do perigo, expande as narinas e possui garras nos dedos. Indo contra as indicações de Deborra, Hugh aceitou o papel e, como ele mesmo disse:

- E aqui estamos 17 anos depois. Foi a única vez que a minha esposa estava errada, falando nisso. E não digam à ela que eu disse isso, por favor!

Em seguida, explicou que sua maior vontade na hora de fazer o filme Logan era porque ele teria a oportunidade de explorar o lado mais humano do herói que, quanto mais ele pesquisava sobre, mais ele ficava intrigado. Sem contar que o personagem, o qual ele definiu como doce e duro, realmente marcou sua carreira, da forma mais positiva possível:

- Ele tem um escudo muito duro, mas por dentro, obviamente, tem essa história e o fato de que todo mundo que ele amou ou conheceu já morreu e foi neste filme que eu senti que nós chegamos ao coração desse personagem. Eu amo o Wolverine. As pessoas me perguntam o que eu vou sentir falta nele e eu não posso sentir saudades dele, porque ele sempre esteve comigo. Não parece, para mim, que ele foi embora. Eu assisti este filme e eu olhei para a tela e me deixa emocionado ver o quanto eu cresci e o quanto este personagem me ensinou.

Com um sentimento misto de satisfação e alívio, Hugh, que está lidando novamente com um câncer de pele, ainda brincou e se emocionou ao explicar que este personagem nunca deixará de fazer parte dele:

- Quando eu assisti o filme eu me senti profundamente satisfeito e aliviado. Não me sinto triste ainda, mas se eu continuar desempregado nos próximos 12 meses, talvez eu me sinta triste! É algo difícil de explicar, isso nunca vai deixar de fazer parte de mim. Eu não sinto que estou deixando a família X-Men e os fãs que vêm conversar comigo por todos os dias da minha vida.

Para o astro, este foi o filme mais difícil que ele já fez, principalmente por exigir muito fisicamente e emocionalmente. Em Logan o personagem, que fez parte da vida dele por 17 anos, está extremamente saturado, desesperançoso e ainda se vê em uma situação incomum: tendo que lidar com um doente Charles Xavier que apresenta ao Wolverine a não tão inocente Laura, uma menina de 11 anos de idade que revela ter muito em comum com o herói.

Em meio a cenas violentas e ótimas sequências de ação, Logan provou ser o desfecho definitivo do Wolverine, que se despede com dignidade das telonas após anos de puro entretenimento - não só para os fãs de X-Men. Emocionante, divertido e, como o próprio Hugh definiu, icônico, Logan deixou o astro extremamente satisfeito e colocou um ponto final incrível antes do herói aposentar as garras de adamantium. Nas palavras de Hugh:

- Me senti em paz assistindo esse filme.

O longa estreia nos cinemas brasileiros no dia 2 de março e ainda conta com Patrick Stewart, Dafne Keen e Boyd Holbrook no elenco. Assista ao mais recente trailer e se prepare antes de ir ao cinema, pois você com certeza irá se emocionar!


Já em 2015, Hugh interpretou o Capitão Barba Negra na mais nova versão do filme Peter Pan. A história infantil já é bastante conhecida: um menino que nunca envelhece e seus amigos, assim como a fada Sininho, aproveitam a vida enquanto não são vítimas do cruel vilão Barba Negra, que sabe ser bastante assustador.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

BBB21: Quem é o seu participante favorito?

Obrigado! Seu voto foi enviado.