X

NOTÍCIAS

Publicada em 11/07/2017 às 13:22 | Atualizada em 11/07/2017 às 13:40

Cláudia Abreu fala sobre maternidade: - É mais fácil cuidar de quatro do que um só

A atriz, mãe de Pedro Henrique, Maria Maud, Felipa e José Joaquim, declarou que fechou a fábrica

Da Redação

Divulgação

Cláudia Abreu foi uma das convidadas do programa Conversa com Bial da última segunda-feira, dia 10, e deu uma aula sobre maternidade! Mãe de quatro filhos (Pedro Henrique, Maria Maud, Felipa e José Joaquim), a atriz revelou que ela e José Henrique, o marido e diretor, não planejaram passar por todas essas gestações - quer dizer, mais ou menos.

- Sou uma mulher à moda antiga. Mas nada foi planejado. Tive a primeira e até demorei para ter a segunda. Tem uma diferença de seis anos entre a primeira e a segunda. Depois o Zé falou E o vascaíno? E daí deixamos rolar para ver se rolava um menino. Daí veio o menino e, depois, o quarto veio de repente. 

Depois disso, claro, a artista declarou que fechou a fábrica.

- Agora sim, mas é tão legal. É mais fácil cuidar de quatro do que um só. Um só você fica muito neurótica, obsessiva com aquele filho único. Acho que quando você vai trabalhar e viaja só com o marido deixar só um dá nervoso. Deixar a galera, eles se bastam de certa maneira.

Cláudia ainda comentou sobre a relação com a primeira filha e como ela cuida dos irmãos. 

- Eu tenho uma babá que é cozinheira, uma arrumadeira e o motorista. A mais velha às vezes ajuda também, mas ela é muito carinhosa, pega um para dormir com ela. Ela é mais ciumenta porque ela foi filha única por muito tempo. Eu errei muito com a minha primeira filha, que é o teste. Você quer suprir tudo da criança. É muito complicado.

No dia 12 de junho, a atriz estreou uma série para o canal Gloob, batizada de Valentins – Uma família muito Esperta. Apesar de algumas semelhanças, a série não é autobiográfica.

- Na verdade, queria escrever. Estava sem saber como eu ia começar e comecei a pensar que seria bacana escrever para criança e aproveitar a infância dos nossos filhos. É uma família de quatro filhos como a nossa, não tem nada de autobiográfico, mas óbvio que é uma piada interna. Assisti muito Os Trapalhões e Sítio do Picapau Amarelo. Foram muito importantes para a minha formação.

Mesmo com a agenda cheia, Cláudia respeita as tradições e os momentos que compartilha com os filhos.

- O momento de colocar para dormir é superimportante. A criança estará cansada, vai se abrir mais, você conversa coisas incríveis na hora de dormir. Ali,você pode ler junto. O livro nessa hora é importante para o hábito. E isso eu faço questão de fazer.

E a supermãe até que gosta de uma bagunça, viu? 

- Meu filho de cinco anos ainda não dorme, tem terror noturno. Mas eu gosto de viver no caos, de trabalhar, de criar filho. Quando era adolescente, eu estudava escutando AC/DC. Não existe silêncio na minha casa, você precisa lidar com o caos. Sorte que tem dois andares, então em cima tem mais silêncio. Mas volta e meia eles sobem. Mas já aprendi a funcionar. No silêncio, eu já fico na paranoia.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual maldade falta Josiane fazer em A Dona do Pedaço?

Obrigado! Seu voto foi enviado.