X

NOTÍCIAS

Publicada em 25/02/2019 às 15:00 | Atualizada em 25/02/2019 às 15:12

Após diagnóstico de esclerose múltipla, Selma Blair anda com auxílio de bengala em festa pós-Oscar

A atriz mostrou, toda confiante, a bengala feita sob medida para ela

Da Redação

Reuters

No final do ano passado, Selma Blair anunciou em um texto comovente que havia sido diagnosticada com esclerose múltipla. E no último domingo, dia 24, logo após a cerimônia do Oscar, a atriz fez sua primeira aparição desde o anúncio da notícia. Ela marcou presença na festa da Vanity Fair e, para os fotógrafos, posou bem confiante ao mostrar que estava andando com o auxílio de uma bengala.

Em seu Instagram, Selma revelou que a bengala foi feita para ela, sob medida, e em um texto agradeceu todas as pessoas que fizeram isso acontecer:

Eu chorei muito. Esses presentes que me fazem seguir em frente. Eu não consigo agradecer o suficiente. Existem anjos. 

Nessa segunda-feira, dia 25, um dia após o evento, a atriz publicou uma foto sua chegando ao evento. Junto com a imagem, postou o seguinte texto:

Existem momentos que nos definem. Este é um daqueles que indelevelmente marcaram o meu coração. Eu ainda estou muito doente, então havia um nervosismo. Eu não faço tudo como eu fazia antes. Porém, eu vou. Eu posso me recuperar muito. A mamãe precisa trabalhar. Eu vou ser capaz de fazer muito mais por conta própria. (...) Fazer parte de algo tão especial quando meu corpo não se mexe muito claramente. E então eu senti o amor dos fotógrafos que me observam fazer palhaçadas em tapetes vermelhos desde os meus 20 e poucos anos de idade. Eu senti o calor das lâmpadas. A força do meu vestido. E mesmo assim eu torcia para que o meu cérebro pudesse mandar sinais até o fim da meu momento lá. E eu chorei. E eu gostei de cada segundo. 

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Selma Blair (@selmablair) em
















Segundo o site Deadline, foram dois os motivos de descontamento do diretor. Primeiro, por conta da escolha dos lugares da premiação. Spike imaginou que venceria a categoria mais importante da noite, já que havia sido colocado para sentar muito perto do palco. Já o segundo motivo é um pouco mais complicado, uma vez que, de acordo com ele, Green Book: o Guia não discute o racismo da melhor forma como seu filme, Infiltrado na Klan.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da polêmica envolvendo Marília Mendonça?

Obrigado! Seu voto foi enviado.