X

NOTÍCIAS

Publicada em 25/02/2019 às 23:02 | Atualizada em 25/02/2019 às 17:50

João Côrtes conta como foi gravar Eu Sou Mais Eu com Kéfera: - Desafiador para os dois

Ator ainda disse que levou uma menina para o show do High School Musical quando adolescente

Roberta Tokunaga

Divulgação

O filme Eu Sou Mais Eu foi um sucesso nos cinemas! Na comédia Kéfera Buchmann é uma popstar esnobe, que depois de uma reviravolta é levada à adolescência novamente, quando reencontra o personagem de João Côrtes, seu melhor amigo da época, que tenta ajudá-la a voltar para a realidade. João e Kéfera têm uma caraterística marcante em comum: o humor! Agora, imagine como foi o encontro desses dois! Em uma entrevista exclusiva para o ESTRELANDO, o ator contou que foi um trabalho desafiador para ambos porque em algumas cenas eles começavam a rir e não conseguiam mais parar:

Nosso encontro foi lindo, e nos conectamos muito através do humor. Nossa maneira de fazer comédia é muito parecida. Ríamos sempre das mesmas coisas e não conseguíamos mais parar. Teve momentos em que nós realmente tivemos que nos concentrar pra ficar sérios. Isso colaborou muito na química que tivemos durante as filmagens, isso sem contar que tínhamos ainda André Lamoglia, Marcella Rica, Giovanna Lancelotti e o próprio diretor, Pedro Amorim, é uma das pessoas mais hilárias que eu já conheci. Você pode imaginar esse set... Acho que uma das cenas que mais me marcou foi a sequência do sarau. Estávamos em uma mistura de emoções, pois a cena exigia isso mesmo. Do riso frouxo até o lado mais profundo e vulnerável do personagem. Foi bem desafiador, para os dois.

Além dos dois, Giovanna Lancellotti também estava no elenco do filme, e João disse que também criou uma amizade muito grande com a atriz durante as viagens que fizeram para o nordeste para divulgar o longa:

Uma delícia. Essas duas são mulheres que eu admiro num grau altíssimo. Duas atrizes extremamente competentes, mulheres profissionais, simpáticas, muito divertidas, carismáticas... Enfim. A lista segue. Nos conectamos ainda mais, e vivemos momentos lindos com o público do Nordeste. O calor e a alegria que nos passaram foi indescritível.

E por falar em comédia, o intérprete de Cabeça revelou uma história para lá de engraçada de quando ele era adolescente:

Quando eu tinha uns 13 anos, eu convidei a menina por quem eu era completamente apaixonado, pra ir no show do High School Musical comigo. Eu lembro que estava muito nervoso de fazer o convite, mas precisava fazer. Escrevi uma cartinha, toda colorida, com o nome dela enorme, e convidando pro show. Deixei na mesa dela. Ela então veio falar comigo e adorou a ideia. E fomos juntos pro show, junto com o meu pai e minhas primas. E foi incrível. Até hoje eu e ela lembramos disso. Mas na época, convidar ela foi talvez uma das coisas mais difíceis que eu tive que fazer (risos).

A seguir, relembre outros filmes sobre adolescência:

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da foto sem retoques de Hariany Almeida?

Obrigado! Seu voto foi enviado.