X

NOTÍCIAS

Publicada em 25/04/2019 às 15:41 | Atualizada em 25/04/2019 às 16:25

Após perseguição sofrida em 2016, Ana Hickmann volta a sofrer ameaças e marido lamenta: - É muito triste. A gente nem se reergueu de um solavanco...

Há três anos, suposto fã da apresentadora invadiu o quarto de hotel em que ela estava e a fez de refém

Da Redação

Divulgação

Após quase três anos de ter passado por um grande susto quando Rodrigo Augusto de Pádua, um suposto fã, invadiu o quarto em que Ana Hickmann estava em Belo Horizonte, Minas Gerais, a fez de refém, e acabou sendo morto por Gustavo Correa, cunhado da apresentadora, que atirou contra o rapaz em legítima defesa, agora Hickmann passa mais uma vez por perseguições.

De acordo com Alexandre Correa, marido de Ana, ela está sofrendo novas ameaças, e ele e sua equipe já estão tomando medidas legais para evitar maiores problemas, conforme entrevista concedida por ele ao programa Fofocalizando na tarde desta quinta-feira, dia 25. 

- O que nós fizemos foi tomar medidas legais, que é o que se pode fazer no momento. Não tem muito o que inventar. Os nossos advogados têm um manual a ser seguido. Mas na verdade eu não posso me aprofundar, são medidas legais. 

As novas ameaças apontadas por Alexandre têm assustado a família de Ana pelo fato de lembrar o que Rodrigo fez em maio de 2016, antes de a manter refém junto com a assessora e empresária, Giovana Oliveira na época.

- Essa pessoa está tomando as mesmas medidas que o Rodrigo de Pádua. O mesmo tipo de mensagens, a mesma quantidade de caracteres, os mesmos xingamentos, a tentativa de colocar a Ana como submissa. Nossa assessora ficou estarrecida quando viu tudo o que está acontecendo e disse: Gente, é o Rodrigo de novo. Foi isso que chamou a nossa atenção. 

Aliás, Alexandre deixou claro o motivo que o fez divulgar a situação e acionar as medidas legais para defender sua família: 

- Como o Rodrigo da Pádua teve êxito no que ele fez? Eu negligenciei a segurança da Ana. Não adianta ficar aqui fantasiando. Meu irmão é um herói, sim. Mas ele ainda responde um processo. Isso é uma mancha na nossa vida. Se eu tivesse levado a sério o Rodrigo de Pádua, nada disso teria acontecido.

E Alexandre ainda continua:

- Essa pessoa já trocou de perfil seis vezes. Ela não é idiota. É gente com tempo, com maldade no coração. Isso é coisa de profissional. 

Abalado com a situação, o marido de Ana ainda desabafou:

- É muito triste. A gente nem se reergueu de um solavanco desses, meu irmão mal acabou de responder um processo, e já estamos de novo com essa matéria em nossas vidas. 

Relembre o caso

No 21 de maio de 2016 um homem, que na época afirmava ser fã de Ana Hickmann, entrou em seu quarto de hotel armado e a rendeu, junto com seu cunhado, Gustavo Corrêa, e a na época esposa dele, Giovana Oliveira. O homem, depois identificado como Rodrigo Augusto de Pádua, acabou morrendo após entrar em confronto corporal com Gustavo e levar dois tiros. Gustavo, aliás, respondeu por processo e foi absolvido em 2018 pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais. A juíza do 2º Tribunal do Júri de Belo Horizonte, Âmalin Aziz Sant'Ana, considerou que o empresário agiu em legítima defesa ao atirar contra Rodrigo. 

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual acontecimento você estava mais ansioso para que acontecesse?

Obrigado! Seu voto foi enviado.