X

NOTÍCIAS

Publicada em 12/06/2019 às 17:01 | Atualizada em 12/06/2019 às 17:14

Polícia Civil registra boletim de ocorrência contra mulher que acusa Neymar

Najila Trindade afirmou que polícia estaria comprada

Da Redação

Divulgação

Najila Trindade deu uma declaração a respeito da Polícia Civil de São Paulo que resultou em B.O. A modelo, que acusa Neymar de estupro, disse em entrevista ao SBT que a polícia estaria comprada:

A polícia está comprada, não é? Estou louca?

Ela conversava com o entrevistador Roberto Cabrini sobre a conduta da Polícia Civil de São Paulo durante a investigação do caso. Ela afirma que um vídeo incriminatório estaria em um tablet que foi roubado de seu apartamento na Zona Sul de São Paulo.

Mas a Polícia não gostou nada da declaração, e registrou um boletim de ocorrência contra ela - segundo a revista Veja. O B.O., registrado pelo delegado José Fernando Machado Bessa Júnior, diz, em um trecho:

Verifico ter sido maculada não só a honra da Polícia Civil do Estado de São Paulo como instituição, (...), mas, sobretudo à honra objetiva dos servidores lotados no IIRGD, responsáveis pela coleta do material papidatiloscópico. 

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (SINDPESP) e a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (ADPESP), também se manifestaram sobre a declaração de Najila, em nota:

[O SINDPESP e a ADPESP vêm a público] repudiar veementemente a afirmação feita pela Srta. Najila Trindade de que a polícia estaria comprada.

Antes de mais nada, reafirmamos nossa solidariedade a toda e qualquer vítima de violência de gênero e o compromisso da Polícia Civil do Estado de SP em combater com rigor este tipo de crime. Todavia, não podemos tolerar que afirmações sem qualquer fundamento venham macular a honra de policiais e a imagem de toda uma instituição.Com mais de 100 anos de história, a Polícia Civil de São Paulo é um órgão respeitado e que possui em seu quadro servidores competentes que desenvolvem seu trabalho com seriedade, comprometimento e respeito máximo às normas legais vigentes. 

Toda investigação realizada pela Polícia Civil é inequivocamente regida pelos princípios da isenção e imparcialidade, e seu único compromisso é com a busca pela verdade. A Polícia Judiciária se mantém firme em seu caráter investigativo, que exige independência absoluta em sua atuação.Reafirmamos, assim, nossa estrita confiança no trabalho da delegada de polícia que preside a investigação, na equipe do Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD) – referência nacional em identificação digital –, bem como nos demais policiais civis que nela labutam, com a certeza de que a Polícia Civil bandeirante seguirá prestando um serviço responsável, ético e de qualidade à sociedade.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual famosa mais te surpreendeu ao ter seu nome envolvido na polêmica de Arthur Aguiar?

Obrigado! Seu voto foi enviado.