X

NOTÍCIAS

Publicada em 18/11/2019 às 17:50 | Atualizada em 18/11/2019 às 18:06

Debora Bloch explica por que não se expõe em redes sociais: - Acho cafona

A atriz está no elenco de protagonistas da série Segunda Chamada, da Rede Globo

Da Redação

Divulgação-TV Globo

Na pele da professora de português Lúcia, Debora Bloch está no elenco de protagonistas da série Segunda Chamada. Para viver sua personagem, que dá aulas no Ensino para Jovens Adultos (EJA), a atriz teve que frequentar escolas públicas, gravar em comunidades e ver de perto a desigualdade brasileira. Em entrevista ao jornal Extra, a mineira de 56 anos de idade fala sobre o seu trabalho na série e revela por que não gosta de expor sua vida pessoal através das redes sociais. 

Logo de início, Debora lembrou com nostalgia dos professores que teve na época da escola: 

- Eu sempre me lembro dos meus professores com muito carinho. Considero que fui educada pelos meus mestres na escola e no teatro também. Acompanhei meu pai desde muito nova aos palcos. Acredito que essa junção entre arte e educação é um instrumento transformador na vida de muita gente. Eu me vejo como uma pessoa privilegiada por ter tido contato com textos tão bons desde criança e de ter podido estudar em boas escolas, relembrou. 

A atriz também comentou a diferença de privilégios na sua vida, e na ficção: 

- Na série, a gente retrata uma outra realidade. São alunos que não tiveram o privilégio de estar na escola na idade certa, porque precisavam trabalhar quando crianças ou porque não tiveram acesso ao ensino. As histórias são diversas. Estamos falando de periferia e de ensino público. E a gente está vendo esse desmonte nas políticas públicas educacionais, disse. 

Debora também contou como se preparou para o papel. 

- A gente foi a algumas escolas públicas que oferecem o Ensino para Jovens e Adultos (EJA). É muito bonito o trabalho dessas pessoas. E algo curioso é que, como chegávamos no meio das aulas, muita gente nem se dava conta de que era eu quem estava ali. Então, esse processo foi bem tranquilo mesmo. Não teve tietagem, falou. 

Ao ser questionada sobre sua relação com as redes sociais, Debora ressaltou sobre a agressividade que presencia no universo online

Gosto de postar os assuntos e as pautas que acho importantes. As pessoas são muito agressivas. Passei a notar isso porque alguns amigos começaram a me alertar para comentários nos meus posts. E eu passei a responder no mesmo tom. Mas isso não me afeta, não. Tem muito robô e muita ignorância nesses espaços. As pessoas são levianas e precisam ler mais. Têm muita opinião e pouco conhecimento. A gente está vivendo a vitória da ignorância, opina. 

Como uma figura pública, Debora comentou sobre como lida com notícias sobre a sua vida pessoal. 

- As pessoas não sabem nem da metade do que acontece na minha vida. Vejo às vezes publicado: Debora assumiu relacionamento com fulano. E aí eu digo: Não sabem nada. Mas não sou uma pessoa que fico expondo a vida pessoal. Minha vaidade está toda vinculada ao meu trabalho. Isso de ficar exibindo a vida.... Acho até meio cafona.

Saiba, a seguir, tudo o que você pode esperar da série Segunda Chamada:


Segunda Chamada, para a diretora Carla Faour, vai mostrar a realidade da parte mais negligenciada do sistema educacional: - O ensino noturno é quase o patinho feio da Educação. Ali, estão reunidas as pessoas que não conseguiram terminar os estudos no tempo regular e decidiram encarar uma dupla jornada para se formar, com o cansaço acumulado durante o dia que os acompanha até a sala de aula. Temos ainda a realidade dos professores, que precisam lidar com as mais variadas e repetidas questões, os horários maçantes, a infraestrutura precária e a violência que se faz mais presente ao redor desse tipo de escola. Mas, apesar das dificuldades, a série traz à tona, principalmente, a felicidade e o drama das relações humanas, além, é claro, de mostrar a educação como agente transformador na vida das pessoas. E aí, já se programou para assistir?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Quem você quer que ganhe o MasterChef - A Revanche?

Obrigado! Seu voto foi enviado.