X

NOTÍCIAS

Publicada em 12/02/2020 às 10:06 | Atualizada em 12/02/2020 às 10:10

Macaulay Culkin volta a falar sobre acusações de pedofilia contra Michael Jackson: - Nunca fez nada comigo

O ator é capa da revista norte-americana Esquire e deu detalhes sobre a relação com o Rei do Pop

Da Redação

Divulgação

Macaulay Culkin voltou a falar sobre sua relação com Michael Jackson, morto em 2009. Conhecido pelo icônico papel em Esqueceram de mim, o ator se tornou muito próximo do Rei do Pop quando era criança e revelou que nunca notou comportamentos inadequados por parte do amigo.

Em entrevista exclusiva à revista norte-americana Esquire, Culkin falou sobre o documentário Leaving Neverlandno qual dois rapazes, Wade Robson e James Safechuck, acusam Michael de abuso sexual durante os anos em que tiveram contato com ele. Até então, o ator não havia se pronunciado publicamente.

- Olha, vou começar com essa fala - que não é uma fala, é a verdade: Ele nunca fez nada comigo. Eu nunca o vi fazer nada. E especialmente neste momento, eu não teria nenhum motivo para esconder algo, esclareceu na matéria que fará parte da edição de março do veículo. 

Na infância, Culkin estrelou o clipe de Black and White, o que o levou a ficar amigo do cantor. Nos anos seguintes, acusações de pedofilia contra Michael vieram a público.

- O cara está morto. Não vou dizer que seria estiloso ou algo do tipo, mas agora seria um bom momento para falar. E se eu tivesse algo para falar sobre isso, eu falaria totalmente. Mas não, eu nunca vi nada; ele nunca fez nada, disse, fazendo referência às acusações.

O ator, como em outras ocasiões, explicou que ele e Michael tiveram infâncias semelhantes, foram alçados à fama muito cedo, e por isso tinham uma ligação especial, ainda que tivessem 22 anos de diferença. 

O último encontro entre eles aconteceu em 2005, quando ele teve de testemunhar no julgamento de Michael Jackson, acusado de intoxicar e molestar um garoto de 13 anos de idade. O cantor foi absolvido e Culkin revelou que eles não conversaram na ocasião. 

- Melhor não nos falarmos. Não quero influenciar seu testemunho, disse Jackson, de acordo com o ator. 

Macaulay Culkin, então, continuou o assunto, finalizando com uma história envolvendo o documentário.

- Aqui está uma história boa sobre Michael Jackson que não envolve Michael Jackson de forma alguma: eu encontrei James Franco em um avião. Eu já tinha esbarrado com ele duas ou três vezes ao longo dos anos. Eu acenei para ele enquanto nós estávamos guardando nossas malas. Ei, como você está?. Bem, e você?. E isso foi logo após o lançamento do documentário, e ele começou: Então, aquele documentário!. E isso foi tudo que ele disse. Eu fiquei tipo: Aham. Silêncio. Então ele continua: Então, o que você acha?. E eu me virei para ele e disse: Você quer falar sobre seu amigo morto?. E ele respondeu timidamente: Não, eu não quero. Então eu disse: Legal, cara, foi bom ver você.

Culkin também falou sobre a proximidade com Paris Jackson, filha do Rei do Pop, e revelou um conselho dado a ela quando se tornou uma pessoa mais pública. 

- Não se esqueça de ser boba, não se esqueça de tirar algo desta experiência toda e não se esqueça de sempre ter algo na manga.

A seguir, relembre as polêmicas de Michael Jackson e sua família em 25 fotos.


E no hall das polêmicas ainda está o processo que a família Jackson abriu contra a empresa AEG. Eles acusam a companhia de ter sido negligente com a saúde do astro e, sendo assim, também responsável pela morte do cantor. A AEG foi responsável pela produção da turnê This is It, que Michael começaria em Londres.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você está achando da participação de Biel em A Fazenda 12?

Obrigado! Seu voto foi enviado.