X

NOTÍCIAS

Publicada em 15/05/2020 às 15:50 | Atualizada em 15/05/2020 às 15:54

Gizelly Bicalho, ex-BBB20, relembra relacionamento abusivo e fundo do poço: - Eu comecei a me cortar com a unha

A advogada criminalista chegou a se machucar por conta desse namoro

Da Redação

Divulgação

Gizelly Bicalho, que participou do BBB20, conversou com Marcia Goldschmidt por meio de uma live. Para a apresentadora, a advogada criminalista abriu o jogo sobre um relacionamento abusivo que viveu no passado. Ela começou dizendo o seguinte:

- As pessoas me perguntam: mas como você viu um relacionamento assim? Que ele fazia o que: primeiro tirava a autoestima. Porque tem vários tipos de violência, psicológica, financeira, vários. Não só na hora que chega a agressão. Muitas mulheres sofrem de algum tipo de violência dentro de casa que elas nem sabem que é. Quando ele começa a tirar a sua autoestima, vai te tirando do grupo de amigos. A violência psicológica, que é a primeira que ele faz, você está totalmente envolvida com aquela pessoa. E o homem perde perdão e você acaba perdoando. Por isso, gente, nunca falem: a mulher gosta de apanhar. Ninguém gosta de sofrer. 

Em seguida deu os detalhes. Seu ex reclamava de seu decote, das roupas que usava, do grupo de amigos que tinha e isso durou por quatro anos:

- Quando eu vi o que estava acontecendo eu falei: onde que eu tô e o que eu estou fazendo com a minha vida? E foi um despertar que eu consegui sair correndo. Mas muita gente não consegue. 

Uma vez por mês ela ia para a casa desse namorado que ficava a 300 quilômetros de distância de sua cidade. Ao chegar lá, ele não dava atenção para ela e dizia que ela tinha que se encaixar na rotina dele. E quando Gizelly chorava, ele dava risada:

- Foi o ápice. E eu comecei a me cortar com a unha, porque eu estava no fundo do poço. Eu comecei a gritar, a chorar e a rolar no chão e me cortar. Aí eu pensei: o que eu estou fazendo com a minha vida? Falei naquele dia que tinha acabado. Eu arranhava a minha barriga. No outro dia, eu olhava para aquilo, peguei carona pra casa e falei: eu não namoro mais você. Eu nunca mais voltei com ele. E eu ficava muito envergonhada de mim. Eu tive um surto. Só que eu consigo entender hoje que aquilo foi a minha válvula de escape, porque eu não aguentava mais. E toda vez que eu olhava para aquilo, pra mancha de unha que eu tinha na barriga, eu pensava: eu não posso voltar com essa pessoa. Olha o que eu fiz comigo. E me arrependi, tinha vergonha de ter feito aquilo.

Ela, que ficou por um ano com a marca do arranhão em sua barriga, disse que não sabia que estava em um relacionamento abusivo:

- Eu não sabia o que era relacionamento abusivo. Para mim é quando uma pessoa batia na outra.

A seguir, relembre as famosas que já sofreram violência doméstica:


Segundo o jornal Extra, Gretchen revelou em sua biografia que já apanhou do ex-marido, pai do seu filho Sérgio Aversani. - Fui agredida diversas vezes por ele. Ao reler o livro, aquilo voltou como se seu estivesse vivendo aquele momento de novo. Era tudo muito parecido com o personagem de Dan Stubalch, naquela novela Mulheres Apaixonadas. Inclusive, quando assistia àquelas cenas, eu chorava muito, porque foi muito parecido com aquilo. Sofri todo o tipo de agressão que uma pessoa pode imaginar. Às vezes, ele pegava até arma. Não gosto nem de lembrar.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você acha dos términos de Maiara e Fernando?

Obrigado! Seu voto foi enviado.